Nas Bancas

Diana Chaves: "Tenho muita sorte, não me falta nada"

A atriz tatuou uma pulseira no pulso igual à que César Peixoto tem e que simboliza a filha de ambos, Pilar, e o amor que os une.

Vanessa Bento
23 de junho de 2018, 14:00

Foi enquanto embaixadora da Equivalenza que Diana Chaves recebeu, com a simpatia habitual, os muitos convidados que quiseram conhecer os novos perfumes da marca para este verão. Para este final de tarde, que teve como cenário o Level Eight Rooftop, no centro de Lisboa, a atriz optou por um vestido comprido, de padrão floral, mas o que saltou à vista foi a tatuagem que fez no pulso. Uma pulseira de contas, em tons quentes, que termina com duas penas. Por cima, a data de nascimento da filha, Pilar, de seis anos. “É igual à do César [Peixoto], que também tem esta pulseira tatuada no pulso. Basicamente, é uma aliança. Representa a nossa filha, a ligação que temos para a vida. Mesmo que um dia nos separemos – o que não vai acontecer –, ninguém tira o César da minha vida. Estamos unidos para sempre”, frisou a atriz.


Na ocasião, Diana Chaves explicou porque é que o nome do seu perfume, Lucky Me, se adequa tão bem à sua vida. “Sou completamente lucky, tenho muita sorte, não me falta nada. O casamento e mais um filho não é coisa que me falte, é algo que, se vier, é um acrescento à nossa felicidade. Sou grata por aquilo que tenho e vejo sempre o lado bom das coisas. E isto não é cliché, sou mesmo assim. Também aprendi muito cedo, e da pior forma, a valorizar o que temos e enquanto temos. Por isso quero sempre as pessoas que amo na minha vida. Acredito que a minha família e tudo o que vou conquistando é a maior sorte da vida. Mas também não fico à espera que a sorte me caia no colo”, sublinhou a atriz. .

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras