Nas Bancas

0.jpg

Rita Pereira revela truques de beleza para o verão

Durante uma sessão fotográfica em Tróia, a atriz falou de bem-estar, redes sociais e feminismo.

CARAS
13 de junho de 2018, 17:07

Atriz, modelo, empresária e fenómeno no Instagram, Rita Pereira é também uma feminista. Foi o que confirmou à CARAS enquanto participava numa sessão fotográfica em Tróia para a Oriflame, marca de cosméticos da qual é embaixadora há quatro anos. No ar como Madalena, a personagem que interpreta na novela A Herdeira, a atriz, de 36 anos, tem em conta que é uma inspiração para os quase 900 mil seguidores. Nesta conversa, falou sobre o estilo de vida saudável, deu dicas de beleza e explicou porque acredita que as mulheres podem conquistar ainda mais protagonismo.
– Quando uma pessoa se sente bem, isso reflete-se na beleza?
Rita Pereira – Sim, sem dúvida alguma. Podemos ter 30 quilos de maquilhagem, mas se não nos sentirmos bem sem ela, isso reflete-se na mesma. No trabalho, na fotografia, no vídeo, na maneira como lidamos com as pessoas. Portanto, a autoconfiança e sentirmo-nos bem é o que está em primeiro lugar. Primeiro do que qualquer maquilhagem.
– O que a faz a si sentir-se bem?
– A praia, os meus amigos, os meus cães, o meu namorado, e trabalhar.
– Prepara o corpo para a chegada do verão?
– Não tenho uma preparação específica para o verão, porque o corpo de uma atriz está “no verão” o ano inteiro. A preparação que faço é anual, é o dia a dia, são 24 horas por dia. Tenho sempre cuidado com a alimentação, o que não é o mesmo que fazer dietas. É sentirmo-nos bem com aquilo que comemos e, acima de tudo, fazer uma alimentação equilibrada.
– Tem algum hábito de beleza para os dias de praia?
– Proteger sobretudo, principalmente o rosto, quando vamos para os primeiros dias de praia. Na cara uso sempre protetor de fator 50 para cima, quanto mais melhor, e no corpo uso 30. Em relação ao cabelo, por exemplo, quando chego à praia ponho creme amaciador nas pontas, enrolo e fico com ele preso. Quando o solto, fica com aquelas ondas próprias do dia de praia de que toda a gente gosta.
– Como cuida da pele no dia a dia?
– Às oito da manhã já estou a ser maquilhada. Portanto, a minha manhã é às seis e meia, quando acordo. A minha rotina é limpar a pele e aplicar logo um bom creme de dia, para que a base e a maquilhagem que vou receber por cima aguente bem aquelas 12 horas. E muitas vezes o creme protege a nossa pele da maquilhagem.
– E depois do dia inteiro maquilhada?
– Desmaquilhante, um bom desmaquilhante, um bom creme de olhos e um bom creme de noite. Para mim, é impensável dormir maquilhada. Acho que a grande razão pela qual as pessoas dizem que eu pareço ter 27, 28 anos, e não 36, é porque tenho bastante cuidado com a pele desde os 20 anos. Desde que pude usar o meu primeiro creme de olhos que o faço. Tenho mesmo esse cuidado.
– Que produtos são essenciais no nécessaire de maquilhagem?
– Levo um batom para o cieiro, um bronzer ou um blush para o rosto e uma máscara de pestanas. Se só tiver estes três produtos, o conjunto já faz uma maquilhagem. Depois, uso o bronzer para aplicar como sombra. E também não pode faltar o delineador de sobrancelhas. Sou viciada em tudo o que tem a ver com sobrancelhas. [Risos.]
Como atriz, modelo e empreendedora, considera-se uma inspiração para as outras mulheres?
– Não gosto de dizer que sou uma inspiração, mas tenho essa possibilidade em conta. Porque recebo centenas de mensagens diariamente no Instagram e no Facebook. Se estou a ser tão seguida, é porque alguém está a olhar para mim, alguém deve estar a seguir os meus passos. Mas eu levo uma vida tão saudável, de forma natural e não forçada, que acho que as pessoas sentem isso.
– A Rita tem muito contacto com os seguidores?
– Neste momento estou convosco aqui e estou nas redes sociais ao mesmo tempo. Ninguém toca nas minhas redes sociais, só eu. É o melhor feedback que eu posso ter. Através da televisão não percebo se estão a gostar daquela personagem, de que episódio gostaram mais ou menos... Nas redes sociais temos este contacto instantâneo.
– Como lida com as críticas?
– Quem não tiver haters não está a ser amado por milhões de pessoas. É a minha opinião. Só despertamos raiva quando muita gente gosta de nós.
– O que falta para as mulheres conquistarem ainda mais espaço na sociedade?
– Acho que falta, acima de tudo, que as mulheres conquistem posições que as levem a contagiar as outras mulheres. Que levem as outras mulheres a acreditarem que elas também conseguem lá chegar. Porque muitas vezes são os homens nas posições de poder que escolhem mulheres com autoconfiança baixa, que não as deixam acreditar, não as deixam chegar lá. Acho que falta só isso. Mas as mulheres das novas gerações têm feito tudo para conquistar o mundo.
– Considera-se uma feminista?
– Sim. Bastante.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras