Nas Bancas

O que disse Amal para deixar George Clooney em lágrimas?

O ator foi distinguido na gala anual da American Film Institute Life Achievement Award.

CARAS
9 de junho de 2018, 09:35

Depois de uma noite de celebração com a distinção de George Clooney na gala anual da American Film Institute Life Achievement Award, ficam na memória as palavras da mulher do ator que o emocionaram.

Sem esconder o nervosismo associado à grandiosidade do momento, a advogada especialista em direitos humanos afirmou estar a fazê-lo "pelo imenso orgulho em ver tudo o que conseguiste", apesar de o ator associar tudo isto à sorte por modéstia. "Foi o teu talento e caráter incríveis que te trouxeram até aqui ", afirmou.

Elogiando o cavalheirismo do marido, Amal Clooney defendeu que esse traço da sua personalidade é raro nos dias de hoje e reconhecido por todos que com ele se cruzam, mesmo aqueles que diferem dele, reconhecendo a sua preocupação com os mais vulneráveis.

“Estes atributos tornam-no um marido e um pai incríveis. Conheci o George quando tinha 35 anos e estava resignada com a ideia de ficar solteirona. Assim que nos conhecemos e começámos a esconder-nos no meu apartamento em Londres senti que, independentemente daquilo que acontecesse, não queria estar com mais ninguém. Não conseguia dormir quando estávamos separados e chegaram a dizer-me que sorria e inclinava a cabeça de forma particular ao ler as suas mensagens ou as cartas que escondia na mala. Cinco anos depois, nada disso mudou. Ele é a pessoa que tem a minha total admiração e também o sorriso que me ‘derrete’ sempre. Meu amor, aquilo que encontrei contigo é grande amor que sempre esperei que existisse. E vê-lo com os nossos filhos, Ella e Alexander, é a maior alegria da minha vida”.

E conclui dizendo para total emoção do homenageado: “Enches a nossa casa de riso e felicidade, mesmo antes de as crianças descobrirem que o pai é o Batman, uma raposa falante e um amigo da Mary Poppins. Estou tão orgulhosa de ti, meu amor. Parabéns por esta grande homenagem que recebes esta noite. Sei que, quando os nossos filhos descobrirem não apenas o que fazes mas também quem és ficarão muito orgulhosos de ti.”

Também os amigos e colegas do ator pronunciaram algumas palavras ao ator que ganhou dois óscares como ator e realizador, cinco globos de ouro e um prémio Bafta.

Com esta distinção, Clooney junta-se a nomes como os de Morgan Freeman, Al Pacino, Meryl Streep, Sean Connery, Clint Eastwood, Sidney Poitier, Gene Kelly, Steven Spielberg e Alfred Hitchcock que figuram entre os 46 atores e realizadores premiados pela AFI desde 1973.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras