Nas Bancas

Donald Trump atende pedido de Kim Kardashian

O presidente americano comutou a sentença de uma mulher defendida pela socialite.

CARAS
7 de junho de 2018, 16:57

Após visita de Kim Kardashian à Casa Branca, Donald Trump decidiu comutar a sentença de Alice Marie Johnson, presa há mais de 20 anos por crimes relacionados com droga.

Como justificação, a Casa Branca referiu que a arguida "aceitou a responsabilidade pelo seu comportamento passado". Além disso, tem tido um comportamento exemplar na prisão e tem-se esforçado por melhorar. Por outro lado, a porta-voz da residência oficial de Trump referiu, num comunicado: "Embora esta administração seja sempre rígida no que toca a crimes, acredita que aqueles que já pagaram a sua dívida à sociedade e trabalharam arduamente para melhorar durante a estadia na prisão, merecem uma segunda oportunidade".

Esta ação chega na sequência de outras, nas quais o presidente decidiu perdoar determinadas pessoas cujas causas eram defendidas por celebridades ou outras figuras públicas, ou mesmo pessoas que chegaram a estar no seu antigo programa, The Apprentice.

Kim Kardashian, que defendia a causa de Alice, já reagiu nas redes sociais. "A melhor notícia de sempre!", escreveu no Twitter. A socialite conheceu a história após ver um vídeo relacionado com o caso e, em entrevista com a empresa noticiosa Mic, disse, já este ano, "Penso que ela realmente merece uma segunda oportunidade. Farei tudo o que estiver ao meu alcance para a tirar da prisão".

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras