Nas Bancas

Jô Caneças em fase delicada: "Estou a fazer uma quimioterapia muito dolorosa"

Jô iniciou novos tratamentos, agora contra as metástases que surgiram no fígado.

André Drogas
31 de maio de 2018, 12:03

Um ano depois de ter terminado a primeira fase da luta contra o cancro do pâncreas que lhe foi diagnosticado no início de 2017, Jô Caneças volta a ser posta à prova, enfrentando agora as metástases que surgiram no fígado, como nos contou no dia em que a encontrámos com o marido, o empresário Álvaro Caneças, no Estoril Open. “O meu estado de saúde está mau, nunca pensei que isto piorasse assim e que passasse do pâncreas para o fígado. Agora estou a fazer uma quimioterapia muito dolorosa. O tratamento terá a duração de dois meses de quimioterapia muito forte. Em vez das seis horas por cada sessão, faço três, mas é mais doloroso. Fico cheia de dores nos pés, nas mãos, nem consigo escrever uma mensagem no telemóvel. Depois, não tenho forças para me levantar. Há oito dias que mal me levantava da cama, mas hoje consegui, pois estou melhor.”
Apesar de estar desiludida com a situação, Jô continua a mostrar a mesma determinação em procurar a cura, crente de que conseguirá ultrapassar esta fase mais delicada. “Nunca achei que iria ficar logo curada, mas tinha a esperança de não ter de voltar a isto tão depressa, e é uma desilusão. Nunca tinha chorado à frente do meu médico, mas desta vez não consegui conter-me quando recebi a notícia. Mas tenho de ser forte, tenho um marido que me acompanha sempre, bons amigos, e isso é que me faz cá andar. Hei de andar por cá mais um tempinho!”

Foto: Luís Coelho

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras