Nas Bancas

Tony Ramos, 69 anos: “não penso na idade, é apenas um número”

Tony Ramos esteve em Portugal a convite do Fantasporto. O festival de cinema exibiu, no Rivoli, a série “Vade Retro”, protagonizada pelo ator, e homenageou-o atribuindo-lhe o Prémio Carreira. Acarinhado pelos portuenses, Tony esteve sempre disponível para todos os que o abordaram na rua.

Joana Brandão
25 de abril de 2018, 10:54

Um dos mais populares atores do seu país, e também com uma legião de fãs em Portugal, Tony Ramos esteve no nosso país para receber o Prémio Carreira na 38.ª edição do Fantasporto, no dia em que foi exibido Vade Retro, uma produção da Globo que protagoniza.

Com 54 anos de carreira, o ator acumula distinções, mas diz que todas são especiais: “É muito forte ver o meu trabalho ser reconhecido. São momentos que mexem comigo. Há dias, por exemplo, estive no Uruguai e recebi uma homenagem daquelas de tirar os pés do chão. Hoje estou muito contente por estar em Portugal no Fantasporto, um festival com um percurso notável. Estou encantado com a organização e muito feliz por ver exibido aqui o Vade Retro, que já é uma série de culto no Brasil.”

Aos 69 anos, o ator continua a ser um dos mais requisitados na Globo. A gravar Tempo de Amar, onde interpreta um português produtor de vinho e azeite, Tony Ramos apresenta-se com um bigode como os que se usavam por cá em 1927, época em que decorre a ação da novela.

Realizado e agradecido, o ator faz um balanço das mais de 100 personagens que interpretou: “A minha vida tem sido uma aprendizagem constante. Com as minhas personagens vivo outras vidas, sem nunca as confundir com a minha própria vida.

Para a realização de Tony também contribui muito a estabilidade familiar. Casado há 49 anos com Lidiane Barbosa, com quem tem dois filhos – Rodrigo, cirurgião cardiovascular, e Andreia, advogada –, Tony Ramos enaltece o papel da mulher na sua vida. “Éramos namorados quando eu comecei a representar e ela acompanha-me desde sempre. Temos uma relação muito transparente, e isto tudo só é possível porque tenho ao meu lado uma mulher muito inteligente e com bastante humor. Caminhámos juntos a vida inteira”, conta, lembrando o dia em que se conheceram, numa festa do colégio que ambos frequentavam: “Quando nos encontrámos, acendeu-se uma lâmpada, e com os anos só tem aumentado a voltagem.”

Avô de Henrique, de 18 anos, e Gabriela, de 14 – filhos de Rodrigo –, o ator fala com orgulho dos netos, que, ao contrário dos filhos, têm o lado artístico mais apurado. “A minha neta canta muito bem, tem um requinte musical superinteressante. Peço-lhe sempre para me cantar temas dos Beatles e ela fá-lo com propriedade. É afinada e tem um timbre muito bonito. Já o meu neto gosta de cinema”, refere, acrescentando: “Não sou um avô babado. Sou um avô amoroso e preocupado.”

Bastante ativo profissionalmente, Tony Ramos conta como mantém a jovialidade aos 69 anos. “A barriguinha está cá, porque adoro comer, mas nunca deixei de praticar desporto, faço muita ginástica, halterofilismo, luta e alongamentos. Mas não penso na idade, é apenas um número. Nunca tive crises de identidade, nem aos 30, nem aos 50, portanto não vai ser aos 70. A vida segue, é um sopro, e eu procuro vivê-la cordialmente”, afirma.

Orgulhosamente brasileiro, o ator acompanha com preocupação a crise política no Brasil. “O meu país há quatro anos e meio que está a sofrer bastante com estes problemas. As revelações de corrupção são as mais surpreendentes e dolorosas, mas quem errou tem de pagar. Sou um homem sem partido e adoro ser assim, ter liberdade para falar. Há uma nova geração que quer lutar por um país melhor e eu não desisto disso. Sou um otimista incorrigível. Temos um país fantástico, não abro mão do meu querido Brasil”, frisa, rejeitando a ideia de emigrar. “Eu? Sair do Brasil? Não há a menor possibilidade! Eu amo o meu país, sou feliz lá, e sei que tudo vai melhorar.”

fotos: Joaquim Norte de Sousa

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras