Nas Bancas

Bruna.jpg

DR

Bruna Lombardi acusa Jon Bon Jovi e Donald Trump de assédio

A atriz brasileira afirma ter lidado com "muito machismo" ao longo da sua carreira.

CARAS
23 de abril de 2018, 11:46

Bruna Lombardi confessou ter sido vítima de assédio sexual por parte de duas figuras muito conhecidas, cada uma delas na sua área: Donald Trump, presidente dos Estados Unidos da América, e Jon Bon Jovi, conhecido músico cuja legião de fãs se arrasta há décadas.

A atriz brasileira afirmou ao jornal O Globo ter vivido situações incómodas com os dois. O primeiro perguntou-lhe se era casada e o segundo prometeu-lhe investir "bom dinheiro" com ela. "Tive de lidar com muito machismo, mas preparei-me para isso. O feminismo é um assunto que esteve sempre na minha cabeça, não é uma novidade", garante.

Bruna Lombardi, de 65 anos, acredita que, hoje em dia, as mulheres "estão muito mais conscientes" no que diz respeito a este tipo de problemas. "As agressões domésticas, por exemplo, já não ficam impunes, ao contrário do que acontecia antes", lembrou.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras