Nas Bancas

Manuel Reis.jpg

DR

Morreu Manuel Reis, fundador do Frágil e do Lux

Algumas caras conhecidas homenagearam o empresário que mudou a noite lisboeta.

CARAS
26 de março de 2018, 11:32

Manuel Reis, fundador da discoteca Lux, faleceu este domingo, 25 de março, aos 71 anos, vítima de doença prolongada. Nome conhecido da noite, transformou-a na década de 1980, em particular o Bairro Alto. Lá, fundou o Frágil e, anos mais tarde, o Lux Frágil.

A notícia foi avançada pelo jornal Público através de fonte do Lux. Em comunicado de imprensa, a gestão daquele espaço noturno fez saber que "o Manuel Reis morreu. Foi hoje, em Lisboa, a cidade que ele escolheu. A cidade que agora se despede de um dos seus maiores inventores (...) O Manuel fez maior esta cidade, o nosso mundo e as nossas vidas também”.

Também Margarida Martins, atual presidente da Junta de Freguesia de Arroios, em Lisboa, que trabalhou com o empresário naquele espaço noturno, escreveu uma mensagem sobre o seu desaparecimento: “O nosso amigo Manuel Reis, partiu hoje! Para mim além de amigo, foi um Mestre! Um abraço a todos os amigos/as!

João Soares, ex-presidente da Câmara Municipal de Lisboa, também o homenageou nas redes sociais. “Acabo de receber, da minha amiga Margarida Martins, uma noticia muito triste. Morreu o Manuel Reis. De quem era amigo, e admirador. Alguém de um bom gosto, sensibilidade, e talento, raros. A quem a cidade de Lisboa, deve uma obra notável. Onde está o 'Lux'. Tive a honra de o ter, sempre, como apoiante. Aqui fica, sentido e triste, tributo de respeito à memória de Manuel Reis”.

As cerimónias fúnebres decorrem esta terça-feira no Teatro Thalia, em Lisboa.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras