Nas Bancas

Raquel Strada revela todas as emoções que rodearam a presença nos Óscares: "Nem consegui dormir"

Para desfilar na passadeira vermelha mais importante do cinema, a apresentadora e “blogger”, de 35 anos, elegeu um vestido da marca italiana Missoni, conjugado com joias De Grisogono e sandálias Dolce & Gabbana.

CARAS
25 de março de 2018, 16:32

Raquel Strada chegou a Los Angeles dois dias antes da aguardada cerimónia dos Óscares, ida diretamente da Semana da Moda de Paris. Durante a curta passagem pela Meca do Cinema, como a cidade é apelidada, a apresentadora e blogger aproveitou para passear e rever amigos, como foi o caso da atriz Marta Gil. E à medida que chegava o momento de pisar pela primeira vez a passadeira vermelha dos prémios da Academia de Artes e Ciências de Hollywood a ansiedade aumentava. “Estava supernervosa porque ia estar perto das estrelas de cinema que provavelmente nunca mais irei ver na vida. Nem consegui dormir”, confessou. Até que o “sonho” se tornou realidade. “Foi uma experiência do outro mundo. Incrível mesmo, com nomeados e apresentadores do mundo inteiro. Fiquei maravilhada com a produção. As pessoas são tão queridas que é impossível não estar sempre com um sorriso na cara”, revelou à CARAS.
A apresentadora desfilou na longa passadeira de 152 metros num vestido preto plissado com brilho, da marca italiana Missoni, totalmente adaptado para ela. “Estava a fazer as provas para o desfile da Missoni, em Milão, e as responsáveis da marca perceberam que eu ia aos Óscares e disseram que tinham o vestido perfeito para mim. O vestido era lindo e foi o único que a marca fez deste género. Optei por vir de preto porque achei que fazia algum sentido. Queria, de alguma forma, apoiar o movimento Time’s Up, dizendo não ao assédio sexual. Assim consegui respeitar o que está a acontecer hoje em dia”, justificou. O look ficou completo com joias Di Grisogono e sandálias Dolce & Gabbana.
O orgulho de ter sido convidada para assistir aos Óscares foi partilhado, ao longe, com o marido, o empresário Joaquim Fernandes. “Ele não conseguiu vir porque estava a trabalhar, mas estivemos sempre em contacto. Ele tenta sempre dar-me força, apoia o meu trabalho e diz que tudo isto é o resultado do esforço que tenho feito. Fico contente por isso”, afirmou Raquel.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras