Nas Bancas

Dois anos depois do seu desaparecimento, ficam as recordações de Nicolau Breyner

Dois anos depois, recordamos o ator e realizador, desaparecido a 14 de março de 2016, na sequência de um ataque cardíaco.

CARAS
14 de março de 2018, 12:32

Dois anos depois do seu desaparecimento, Nicolau Breyner deixou um país menos divertido, mais só e repleto de recordações dos seus 75 anos de vida.

Somam-se as homenagens que ao longo do tempo têm tentado diminuir o silêncio que o ator deixou nos palcos e na vida. Visto para muitos como um homem genoroso, nasceu em Serpa, em 1940, com o nome de João Nicolau de Melo Breyner Moreira Lopes.

Na escola era tratado por Breyner ou Nico, diminutivo que mais tarde usaria para a sitcom “Eu Show Nico”. Mudou-se jovem para Lisboa, onde começou por estudar Direito, com intenção de seguir uma carreira diplomática. Desistiu rapidamente e trocou essa ambição por um sonho mais alto: o de fazer carreira artística. Inscreveu-se no Conservatório e foi ainda estudante que se estreou como ator, na peça Leonor Telles, dirigido por Ribeirinho. Popularizou-se nos papéis cómicos, frequentemente ao lado de Laura Alves.

Nos anos 1970 foi o lendário Sr. Contente ao lado do jovem luso-alemão Herman José, que interpretava o Sr. Feliz num número satírico que ficou na história da televisão, uma rubrica do programa País das Maravilhas, o primeiro que fez na televisão. Depois disso, viria a construir uma carreira sólida como ator e diretor de atores. Pioneiro em diversos produtos televisivos, foi coautor do guião da primeira telenovela portuguesa, Vila Faia. Fundou entretanto a produtora NBP, onde foi administrador, produtor e realizador, atividades que sempre acumulou com o trabalho de ator, que nunca abandonou. Participou em dezenas de séries, novela e programas televisivos, somou quase 50 participações no cinema.

Foi casado com Mafalda Barbosa, irmã de Carlos Barbosa, e com a atriz Sofia Sá da Bandeira. Foi de Cláudia Fidalgo Ramos, filha do realizador e encenador Artur Ramos, que teve duas filhas, Mariana e Constança, agora com 22 e 21 anos, respetivamente. O último casamento foi com Mafalda Bessa, mãe do ator Tiago Teotónio Pereira, de quem se divorciara no verão do ano passado, depois de nove anos juntos.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras