Nas Bancas

Doina Ciobanu: da carenciada Moldávia ao luxo londrino

Nasceu num país onde não abundavam revistas de moda nem cadeias de lojas. Hoje, a moldava, de 23 anos, “blogger” e modelo, vive em Londres e viaja pelas principais capitais da moda europeias.

Cristiana Rodrigues
10 de março de 2018, 09:00

Édifícil imaginar como é que alguém que nasceu na Moldávia, um dos países mais pobres do Leste Europeu, cria um blogue de moda e em dois tempos se transforma numa influencer. Doina Ciobanu, que nasceu em Quichinau, capital moldava, a 10 de abril de 1994, é a prova disso.

Em criança, Doina não tinha acesso à roupa ocidental, como começa por explicar numa entrevista que deu ao Daily Mail online, em agosto de 2016, e já na adolescência era à Roménia que ia quando queria comprar peças de grandes cadeias, como a Zara e a H&M, explica. O gosto pela moda e a vontade de entrar no circuito levaram-na a criar o blogue The Golden Diamonds, que foi ganhando expressão logo nos primeiros tempos e a fez repensar o caminho a seguir: estudante de História e Ciências Políticas e prestes a ingressar na Sorbonne, em Paris, decidiu abraçar o seu sonho. Primeiro foi para Bucareste e há quatro anos mudou-se para Londres, onde vive com o namorado. Foi quando desfilou para a Christian Dior e a Versace que viu o seu nome ganhar projeção.

Agora, a blogger moldava, a única que participou na Web Summit de Lisboa em 2016, tem uma página de Instagram que conta com mais de 360 mil seguidores e na qual mostra quase diariamente os seus looks. Versátil, ora opta por jeans, ora por peças sofisticadas. Prefere cores escuras ou estampados e aderiu à moda da conjugação branco e preto e das bolsas de cintura, duas tendên­cias que se destacam na próxima primavera/verão.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras