Nas Bancas

Tommy Lee diz ter sido agredido pelo próprio filho

O músico terá ficado inconsciente.

CARAS
7 de março de 2018, 18:09

Tommy Lee acusa o filho Brandon, de 21 anos, de o ter agredido enquanto estava a dormir com a sua noiva, Brittany Furlan.

Segundo a revista People, a polícia de Los Angeles foi chamada ao local da alegada agressão na noite desta segunda-feira, 5. O baterista da banda Mötley Crüe, foi levado para o hospital e afirmou que o filho, fruto do relacionamento do músico com a atriz Pamela Anderson, entrou no quarto do casal e deixou-o inconsciente com um murro. De acordo com o TMZ, Brandon diz que apenas se defendeu do pai, que estaria bêbado.

Tommy partilhou no Instagram uma fotografia com os lábios inchados, que acabou por ser eliminada pouco tempo depois. Tommy disse “estar de coração partido” e que “podemos dar tudo aos nossos filhos durante uma vida inteira que eles podem acabar sempre por se virar contra nós. Bom trabalho, grande filho”.

O ex-marido de Pamela Anderson usou novamente as redes sociais para reagir às notícias que davam conta do incidente e escreveu: “A minha noiva e eu estávamos deitados na nossa cama e ele entrou no quarto e agrediu-me. Pedi-lhe que se fosse embora e deixou-me inconsciente. Ele acabou por fugir da polícia. Esta é a verdade”.

O músico partilhou ainda um vídeo no Instagram esta terça-feira, 6, em que mostra o seu quarto virado do avesso e deixou um aviso às futuras namoradas de Brandon. “Para todas as mulheres que venham a namorar com o meu filho, é com isto que têm de lidar. Muito bem Brandon, o quarto ficou ótimo”, afirmou Tommy.

Ninguém foi detido e nem Brandon Lee, nem a sua mãe, Pamela Anderson, reagiram à alegada agressão. Mas a mesma publicação norte-americana confirmou que o jovem é considerado pela polícia de Los Angeles como uma 'pessoa de interesse' e que, apesar da alegada acusação de fuga do local do crime, tem cooperado com as autoridades.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras