Nas Bancas

Ricardo Pereira quer deixar o Brasil

O ator, que se mudou para terras de Vera Cruz há 14 anos, confessa vontade de investir em novos projetos.

CARAS
20 de fevereiro de 2018, 13:29

Parece que foi ontem, mas Ricardo Pereira já deixou Portugal há 14 anos. Desde essa altura, fez 11 novelas para a TV Globo e cinco filmes, mas revelou à Folha de S. Paulo que tem vontade de partir novamente.

"Devia estar quieto e sossegado. Tenho três filhos. Mas está na hora. Para os meus filhos vai ser bom passar um tempo fora e eu vou poder reciclar-me. Vou contratar dois ou três professores bons de representação para trabalhar comigo e começar do zero. O que aparecer por ter um bom agente, vou aproveitar", afirmou àquele meio de comunicação social, avançando o seu desejo de se mudar para os Estados Unidos já no próximo ano.

"Esse Brasil também é meu", defende o ator

Não esconde a dificuldade em educar os três filhos num país que tem sido palco de aumento de violência nos últimos anos. "Estamos a passar por um momento muito delicado, não só no Rio, mas no Brasil inteiro. Mas também passamos por momentos interessantes. Eu, como uma pessoa que veio de fora para cá, sinto que nos últimos anos muitas coisas mudaram e melhoraram", admite, acrescentando que, quando é interpelado sobre esta tendência, faz questão de esclarecer que a violência não é um exclusivo do Brasil. O ator não esconde o carinho pelo país que o acolheu “Calma, não é isso tudo. Porque esse Brasil também é meu".

Com o povo brasileiro admite ter aprendido muito: “Pode estar aflito, mas o brasileiro consegue fazer uma festa. Às vezes não podemos partir muito para a festa, porque faz-nos esquecer demais a realidade. Mas essa rapidez de se tornar feliz, de sorrir no momento que não é para sorrir. Isso dá um 'up'".

Ricardo e a mulher, Francisca Pinto Ribeiro, são pais de Vicente, seis anos, Francisca, de quatro, e Julieta de cinco meses.

Palavras-chave

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras