Nas Bancas

Angelina Jolie visita campo de refugiados na companhia das filhas Shiloh e Zahara

Shiloh e Zahara fizeram questão de acompanhar de perto uma realidade muito diferente da sua.

CARAS
30 de janeiro de 2018, 17:00

Já é conhecida a luta de Angelina Jolie pelas causas humanitárias. Agora parece que as filhas Zahara, de 13 anos, e Shiloh, de 11, decidiram seguir o exemplo da mãe, acompanhando-a numa deslocação ao campo de refugiados Zataari, na Jordânia, no passado domingo.

A atriz, de 42 anos, afirmou que as filhas "pediram para a ir com ela", para poderem acompanhar de perto a realidade das pessoas deste país, apesar da guerra civil existente naquele local, conflito que dura há já sete anos, segundo o Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados.

Muitas crianças juntaram-se para ouvir discursar Angelina Jolie: "As minhas filhas passaram o dia a conversar e a brincar com crianças da idade delas, que foram forçadas a abandonar as suas casas, que perderam membros da sua família, e que combatem doenças e traumas [causados pela guerra], mas que, apesar de tudo, são apenas crianças, com as mesmas esperanças e direitos de todas as crianças do mundo."

A atriz afirmou ainda no seu discurso que os refugiados "são um exemplo para o mundo", numa altura em que a solidariedade para com estas pessoas "tem diminuído". "Não devemos viver na ilusão: esta é uma crise que está completamente fora de controlo há muitos anos."

Angelina enfatizou que existem muitas famílias a viverem com menos de três dólares por dia, o que se traduz em "famílias que não conseguem alimentar-se", "crianças sem acesso a cuidados médicos", "raparigas vulneráveis a casamentos precoces", e muitos refugiados que não têm sequer um sítio para se abrigar.

Esta foi já a terceira visita de Shiloh a um campo de refugiados, mas para Zahara foi a estreia.

Já para Angelina Jolie, esta foi a terceira vez que visitou este campo de refugiados.

Palavras-chave

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras