Nas Bancas

Melania Trump: um ano de primeira-dama e de um guarda-roupa muito cobiçado

Fomos ao guarda-roupa da mulher de Donald Trump para recordar os visuais que usou ao longo do seu primeiro ano como primeira-dama.

CARAS
25 de janeiro de 2018, 17:34

Faz em janeiro um ano que Melania Trump se tornou a primeira-dama dos Estados Unidos da América (EUA) e, durante estes últimos meses, a modelo eslovena converteu-se também num ícone de moda mundial incontornável. Seja com os seus clássicos casacos compridos, com peças que são tendência ou com vestidos de noite glamorosos, a esposa de Donald Trump não passa por despercebida.

A primeira dama das tendências

Um dos primeiros looks que Melania escolheu, após ser eleita primeira-dama, foi um vestido dourado e brilhante, que usou no jantar de inauguração aquando do início do mandato do atual Presidente dos EUA. Nessa cerimónia, a primeira dama adotou um estilo glamoroso e arrojado, optando por um vestido encomendado à designer de moda libanesa Reem Acra, que já vestiu celebridades como Madonna, Beyoncé e Angelina Jolie. O glitter era, há ano ano atrás, uma super tendência (que, aliás, tem vindo a persistir) e Melania usou-a sem medos, da cabeça aos pés.

Uns meses depois, a sucessora de Michelle Obama apareceu com um visual que deu origem a alguma polémica, e que usou na visita que fez às vítimas do furacão Harvey, no estado americano do Texas. Melania vestia um macacão preto acompanhado por um bomber jacket verde seco, mais uma vez uma peça tendência. O alvo das críticas recaiu sobre os sapatos stylletos com um salto de 15 centímetros, mas que já são um clássico nos seus looks.

Na noite de Ano Novo, a esposa de Trump escolheu um vestido rosegold, da marca Erdem, com lantejolas e algumas flores que lembram a super tendência dos bordados.

Um outro lado mais clássico

Os visuais mais clássicos da primeira-dama são também bastante conhecidos, como é o caso do look total azul bebé que usou para o dia da cerimónia de inauguração de Donald Trump como Presidente. O conjunto de Ralph Lauren, composto por um vestido à altura dos joelhos e um casaco curto, valeu-lhe algumas comparações aos conjuntos de Jackie Kennedy, a esposa do 35.º Presidente dos EUA, John Kennedy. As luvas de caxemira e os stylleto, ambos no mesmo tom, finalizaram o visual.

Versátil e adequado à ocasião

Ao longo deste ano assistimos a várias facetas de Melania Trump, que, normalmente, aparece vestida consoante a situação. Em abril, a mulher do Presidente leu o livro infantil de Kathie Lee a um grupo de crianças e escolheu, para o evento, um vestido cor-de rosa comprido e delicado, que lembra as roupas das princesas da Disney, e umas sabrinas no mesmo tom. Quanto à maquilhagem escolheu algo muito suave e o cabelo foi solto e natural.

Quando tratou do jardim da Casa Branca com um grupo de jovens apareceu com um look jovem e confortável - camisa aos quadrados, calças justas pretas e uns ténis muito práticos. Também quando caminhou pela Muralha da China trocou os saltos altos por umas sabrinas rasas. Na viagem oficial à Ásia vestiu-se a rigor com um kimono preto de inspiração floral, da coleção outono/inverno da marca italiana Gucci.

Da mesma forma que a maneira de governar de Donald Trump ficará na história nos Estados Unidos, um ano já foi suficiente para perceber que também a maneira de vestir da sua esposa fará história, marcada por escolhas muito próprias e bem diferente das de todas as outras primeiras-damas dos EUA.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras