Nas Bancas

Cristiano Ronaldo - golo

Cristiano Ronaldo entre os finalistas dos Óscares do desporto (um prémio que nunca ganhou)

É a quinta vez que o madeirense fica na 'shortlist' dos 'Prémios Laureus'. Será desta?

CARAS
16 de janeiro de 2018, 17:42

Uma espécie de Óscares do desporto: assim se define a gala que todos os anos escolhe os melhores atletas do mundo, atribuindo-lhes os Prémios Laureus. Divididos em cinco categorias, os troféus já foram entregues a homens, mulheres e equipas de quase todos os cantos do mundo. Falta Portugal.

Em português só mesmo do Brasil. Ronaldo (o outro, de apelido Nazário) ganhou em 2003 o de Regresso do Ano, na mesma altura em que a seleção brasileira foi distinguida como a Melhor Equipa. Já o Ronaldo português foi nomeado quatro vezes - 2009, 2014, 2015 e 2017 -, mas nunca ganhou.

É por isso a quinta tentativa do madeirense que parece partir novamente em desvantagem. Porquê? Até agora, nunca um atleta de uma modalidade coletiva arrebatou o prémio. E com Ronaldo concorrem em 2018 cinco desportistas em nome próprio: um piloto de Fórmula 1 (o inglês Lewis Hamilton), um ciclista (também britânico, Chris Froome) um corredor de fundo (mais um inglês, de origem somali, Mo Farah) e dois tenistas (Rafael Nadal, espanhol, e Roger Federer, suíço).

Para as outras categorias, Melhor Atleta Feminina do Ano, Melhor Equipa do Ano, Revelação do Ano e Regresso do Ano, não está nomeado qualquer atleta português. Os vencedores serão anunciados no próximo dia 28 de fevereiro, no Mónaco.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras