Nas Bancas

James Franco vê evento em Nova Iorque ser cancelado após acusações de assédio

A organização diz que não se sente "confortável" com a controvérsia em que o ator está envolvido.

Activa.pt
11 de janeiro de 2018, 13:10

O jornal The New York Times cancelou um evento com James Franco, dias depois de terem surgido acusações de assédio sexual e abuso de poder no Twitter, durante a cerimónia dos Golden Globe Awards, a 7 de janeiro.

A iniciativa, que estava marcada para ontem, dia 10, no Kaufman Music Center, em Nova Iorque, contava com James e David Franco como convidados, a propósito do filme Um Desastre de Artista.

O anúncio do cancelamento foi feito no site da iniciativa e, mais tarde, um porta-voz do jornal, indicou que a organização não se sentia "confortável" com o evento, "dada a controvérsia em torno das recentes acusações", cita a agência Lusa.

O encontro com o ator faria parte da iniciativa TimesTalks, um espaço de conversa entre jornalistas e várias personalidades.

James Franco é o protagonista da comédia Um Desastre de Artista e conquistou no passado domingo o prémio de melhor melhor ator de comédia ou musical, nos Golden Globes Awards, que ficaram marcados pelo protesto contra o assédio sexual. Na cerimónia, o ator juntou-se ao movimento através da utilização de um pin da iniciativa Time's Up, mas no Twitter surgiram acusações de abuso contra o ator, uma das quais, denunciada pela atriz Violet Paley, já estará a ser investigada. O ator já comentou as acusações e diz-se "surpreendido".

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras