Nas Bancas

Oksana Tkach: Jovem ucraniana estreia-se no cinema com o filme “O Fim da Inocência”

A jovem manequim, de 20 anos, interpreta uma adolescente que se vê encurralada num mundo de sexo, álcool e drogas.

CARAS
7 de janeiro de 2018, 20:00

Oksana Tkach. O mais certo é que em breve estas duas palavras deixem de parecer impronunciáveis para passarem a ser um nome associado a uma cara conhecida, a da jovem protagonista do mais recente filme de Joaquim Leitão, O Fim da Inocência. Foi aos 16 anos que Oksana, agora com 20, começou a trabalhar como manequim, na Central Models. Em 2015 recebeu o convite para participar no casting para este filme. “A Mi [Romano] ligou-me a perguntar se alguma vez tinha pensado em representar. Na realidade, nunca me tinha passado pela cabeça! Era o Nicolau Breyner a fazer o casting. Fiquei entusias­madíssima e fui. Correu bem, gostou de mim, mas infelizmente pouco tempo depois faleceu e o projeto foi suspenso.” Um ano depois, a jovem acabou por fazer duas pequenas participações em televisão antes de pegar neste que é, até à data, o maior desafio da sua curta carreira. “Só comecei a fazer formação já com tudo a decorrer, com a Rita Alagão, que foi o meu suporte e me deu as bases. Foi tudo muito rápido, gravámos o filme num mês.”
Sobre o seu papel, Oksana conta que é muito diferente de si própria. “Saí completamente de mim para fazer este papel. Quando fiz o casting, não sabia que era para uma jovem que gosta de sexo, drogas e álcool. Sou uma pessoa completamente diferente e ao longo do filme percebi que sou muito conservadora. Por isso foi um desafio enorme.”
Em Portugal desde os quatro anos, Oksana estuda Ciência Política e Relações Internacionais e não sabe se irá continuar a representar. “Este projeto deixou-me a pensar, mas não está nada definido. Estou a adorar o curso e vejo-me a exercer nessa área. Seria difícil conciliar as duas áreas, mas vamos ver. Um passo de cada vez.” .

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras