Nas Bancas

Por que motivo Melania Trump insiste em usar o casaco pendurado nos ombros

Observando vários visuais da primeira-dama, há uma caraterística que sobressai...

CARAS
13 de dezembro de 2017, 16:27

Quase a fazer um ano como primeira-dama dos Estados Unidos, Melania Trump já deu provas do seu sentido de moda em várias ocasiões públicas, mas há um traço que é notório no seu estilo: aprecia casacos com assinatura de designers de luxo, mas na realidade não os veste, preferindo usá-los pendurados nos ombros.

Por exemplo, quando recebeu com o filho, Barron, a árvore de Natal na Casa Branca, a mulher de Donald Trump optou por ter um casaco Calvin Klein, de xadrez vermelho e azul-marinho, aos ombros, por cima de um vestido Ralph Lauren. Numa outra imagem partilhada no Twitter usava um elegante casaco combinado com um vestido sem mangas, enquanto decorava a árvore de Natal. Outro evento em que demonstrou este traço particular dos seus looks foi durante o 'perdão do peru', cerimónia que tem lugar todos os anos na Casa Branca por ocasião do Dia de Ação de Graças. Antes, já o fizera durante uma viagem com o marido à Sicília, em que fez furor o casaco floral de Dolce & Gabanna que usou, mais uma vez sobre os ombros, no valor de 51 mil dólares (cerca de 44 mil euros). Outro momento foi na visita à Alemanha, em que Melania coordenou um casaco vermelho com um vestido creme com padrão, bem como na sua visita à Grande Muralha da China, em que o modelo era preto e estava conjugado com uma saia castanha.

Claro que muitos se perguntam por que motivo Melania usa o casaco como se fosse uma capa. A verdade é que, por exemplo, na Semana da Moda de Nova Iorque, usar um casaco sobre os ombros ditou a 'onda' durante vários anos e a 'culpa' foi da diretora da Vogue, Anna Wintour. Essa forma de vestir tornou-se símbolo de elegância, mas também de alguma contenção em termos de expressão corporal como indicam alguns especialistas. Na verdade, qualquer movimento mais brusco ou amplo torna-se impraticável com um casaco pelos ombros, porque este terá tendência a cair. Transformar um casaco numa capa confere uma postura quase de estátua e, ao mesmo tempo, de alguém que não precisa de realizar tarefas do dia-a-dia porque alguém as faz por si. O resultado é uma postura rígida, de autoridade e importância.

Ao The New Daily, a editora moda Kirstie Clements afirmou que este estilo é uma forma da Primeira-Dama dizer "eu sou alguém".

"Usar assim os casacos mantém-na numa posição equilibrada e de estátua que 'cheira' a regalias", conclui sobre esta particularidade do estilo de Melania.

Palavras-chave

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras