Nas Bancas

Larry King

Larry King

Dia Dipasupil

Modelo acusa apresentador Larry King de a ter assediado em frente às câmaras

Por duas vezes, o conhecido apresentador terá assediado a manequim Terry Richard.

CARAS
13 de dezembro de 2017, 17:52

"Quando a Taylor Swift levou o DJ que a apalpou a tribunal e ganhou, começou um movimento". As palavras são de Terry Richard, modelo, hoje com 63 anos, que juntou o mítico apresentador do Larry King Live, da CNN, à lista de celebridades norte-americanas acusadas de assédio e abuso sexual. Os episódios remontam a 2005 e 2006 e as descrições pormenorizadas da modelo estão a abalar novamente o showbizz dos EUA, que vê agora multiplicarem-se as denúncias contra alguns dos seus rostos mais conhecidos.

O cenário é uma gala de entrega de prémios de baseball, nos estúdios da Universal, onde Terry Richard estava a trabalhar como correspondente para um jornal de Los Angeles, e Larry King como orador convidado. Vestida num Versace preto, decotado e sem costas, a modelo posa para uma fotografia com o mítico apresentador. Num instante, "o Larry pôs a mão atrás de mim e, enquanto éramos fotografados, deslizou a mão desde o meio das minhas costas até chegar ao interior do meu vestido" e lhe tocar no rabo, descreve Terry em entrevista ao Daily Mail. No momento em que percebeu o que estava a acontecer, Terry teve "vontade de o espancar", mas sabia que isso causaria sérios problemas, e é por isso, afirma, que "o Larry vibra a fazer isto em frente às câmaras, porque sabe que eu não posso reagir".

Da segunda vez, em 2006, a roupa era outra, mas a atitude a mesma - o apresentador mudou apenas os métodos. A modelo, vestida num Giorgio Armani cortado à frente, confiou que o episódio não se repetiria e, apesar de ter evitado Larry durante novo evento de entrega de prémios, aceitou tirar uma fotografia no fim da gala. Foi aí que sentiu uma das nádegas ser tão violentamente apertada que, percebeu quando chegou a casa, a marca se tornou, além de psicológica, física e bem visível: "não desapareceu durante uma semana".

Terry Richard, que foi casada com o músico Eddie Fisher, garante não querer um cêntimo do apresentador, hoje com 84 anos e dedicado a um programa no serviço de streaming Hulu, mas gostava de um pedido de desculpas. Porém, esse cenário parece longe de acontecer, já que o advogado de Larry se apressou a desmentir o relato, afirmando que o cliente "jamais fez uma coisa dessas".

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras