Nas Bancas

Desejos natalícios: as cinco apresentadoras do 'Fama Show' revelam segredos, memórias e tradições

Se Cláudia Borges e Carolina Patrocínio gostam de planear com antecedência os presentes de Natal que oferecem, Iva Lamarão confessa que deixa para os últimos dias essas compras, uma vez que gosta de cumprir a tradição de o fazer na companhia da mãe, enquanto passeiam nas ruas do Porto.

Cláudia Alegria
4 de dezembro de 2017, 12:51

Formam uma equipa onde não falta beleza, elegância, simpatia e profissionalismo. Com a aproximação da época natalícia, a CARAS marcou encontro com as cinco apresentadoras do Fama Show, da SIC, no Chiado, um dos locais mais emblemáticos para passear nos dias que antecedem esta quadra, onde não faltam as tradicionais castanhas, o charme proporcio­nado pela iluminação e, claro, muitas lojas para se perderem em compras.

Cláudia Borges e Iva Lamarão, ambas de 34 anos, Carolina Patrocínio, de 30, Carolina Loureiro, de 25, e Catarina Sikiniotis, de 22, partilham, então, alguns dos seus segredos relacionados com o Natal.

– Que presente escolheriam para dar a cada uma de vós?
Cláudia – À Carolina Patrocínio oferecia uma joia simples, discreta, como ela gosta. À Catarina, um carro, daqueles que não exigem carta de condução. À Iva dava um piquenique romântico. À Loureiro, um CD de boa música para ouvir no carro ou uma planta para a casa nova.
Iva – Como trabalhamos muito todo o ano, oferecia uma viagem a cada uma delas. A Patrocínio iria à Disney com as miúdas e o marido, a Cláudia, a Nova Iorque, a Sikiniotis, a Ro­ma, e a Loureiro, à América La­ti­na.
Carolina Pa­trocínio – À Sikiniotis dava uma mota para conseguir autonomia para se deslocar entre os trabalhos e a faculdade, que é sempre um drama. À Borges, um livro de receitas saudáveis, para ela se inspirar, porque está numa onda muito fit. À Iva, um dia de SPA, porque adora massagens. À Loureiro, uma peça decorativa para a casa nova.
Catarina – À Carolina Patrocínio proporcionava uma experiência radical, como um salto de paraquedas ou bungee jumping. Para a Iva escolheria uma escapadela de fim de semana para um sítio romântico. À Cláudia, um aspirador robótico que a ajudasse a pôr as tarefas de casa em dia. À Carolina oferecia uma viagem para um destino exótico, para ela desanuviar.
Carolina Loureiro – Eu ofereceria à Catarina uma lingerie bem sexy, com renda vermelha, à Carolina, um kit de treino, à Iva, uma carteira, que ela gosta muito, e à Cláudia, uns sapatos de salto alto, que também sei que ela gosta.

– A que é que não conseguem resistir na mesa de Natal?
Cláudia – Ao arroz-doce da minha avó.
Iva – Fala-se muito do pão-de-ló de Ovar, mas há um molotof muito especial, com doce de ovos, que é muito bom e é obrigatório na nossa mesa de Natal.
C. Patrocínio – Qual­quer coisa que tenha chocolate.
Catarina – Aos doces. Não consigo resistir aos chocolates.
C. Loureiro – Aos doces, filhoses, rabanadas... Deem-me tudo que eu como, adoro!

Leia esta entrevista na íntegra na edição 1164 da revista CARAS.
Assinatura Digital
Apple Store
Google Play

Veja o vídeo do making of da nova campanha desta sessão fotográfica

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras