Nas Bancas

Em Lisboa, Sara Sampaio e Oliver Ripley mostram-se cada vez mais apaixonados

O empresário inglês acompanhou a manequim portuense durante a sua participação na Web Summit, em Lisboa. Depois de ter subido ao palco com Rosario Dawson, Sara Sampaio juntou-se ao namorado para assistirem à palestra de Al Gore sobre as mudanças climáticas.

Marta Mesquita
25 de novembro de 2017, 12:00

Aos 26 anos, Sara Sampaio já é uma das mais influentes top models a nível mundial. Com quase seis milhões de seguidores na sua conta do Instagram, a manequim portuense mostra que tem uma voz própria, provando que é muito mais do que uma cara bonita. E foi por reconhecerem este seu esforço para alterar a imagem estereotipada que se tem das modelos que Sara Sampaio foi convidada para vir dar o seu testemunho na Web Summit, que decorreu em Lisboa.
Na sua primeira palestra, o ‘anjo’ da Victoria’s Secret partilhou os maiores desafios no dia a dia de uma modelo. Num vestido curto, branco, de Juliana Herc, Sara subiu ao palco confiante, cumprimentando a plateia em português. Depois, num inglês perfeito, contou, sem “papas na língua”, o que se passa nos bastidores do mundo da moda: “Durante a minha carreira senti-me empurrada para fazer certas coisas que não queria fazer. Coisas que nos dizem que fazem parte deste negócio. A indústria precisa que se comece a contar o que se passa e a dar nome às pessoas, de maneira que sejam responsabilizadas pelas suas ações. Na moda, as mulheres ganham muito mais dinheiro do que os homens, mas, mesmo assim, continuamos a ser exploradas e a não ser respeitadas. Temos de começar a perguntar: ‘Porquê?’ Temos de ser honestas connosco próprias e não ter medo de dizer ‘não’. Penso que assim a indústria vai avançar na direção certa”, explicou a manequim, dando como exemplo o post que fez sobre a revista Lui, que usou fotos suas nua sem o seu consentimento: “Só por já se ter beijado vários rapazes no passado isso não lhes dá o direito de nos beijarem sem a nossa permissão. O mais importante é que as redes sociais devolveram poder às modelos. Já não nos podem forçar a fazer nada, porque temos uma voz. Podemos denunciar uma ação que não foi correta. Com este post quis evitar que pelo menos uma rapariga passe também por isto. Espero que as pessoas fiquem mais informadas.”
Terminada esta palestra, a manequim fez questão de tirar algumas fotografias com fãs, enquanto o namorado, Oliver Ripley, aguardava por ela nos bastidores. Discreto, o milionário inglês preferiu ficar sempre na retaguarda, deixando a namorada brilhar.
Horas mais tarde, Sara subiu ao palco do Altice Arena para, ao lado da atriz Rosario Dawson, falar sobre as celebridades que se tornaram ativistas. Durante esta palestra, Oliver esteve na plateia, registando com o seu telemóvel as declarações da namorada.
Depois de terminar esta sua participação, a modelo e o namorado foram para a plateia assistir ao testemunho de Al Gore. Durante este momento em que se falou das alterações climáticas e da necessidade urgente de se mudar comportamentos para evitar o colapso do planeta, o empresário esteve sempre com o braço por cima da manequim, mostrando que é um namorado carinhoso. Juntos há dois anos, Sara e Oliver vivem um namoro estável e feliz, que, ao que parece, está para durar.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras