Nas Bancas

Megan Fox sobre 'Transformers': "foi o ponto baixo da minha carreira"

Numa entrevista recente, a atriz falou sobre ter sido despedida do famoso franchise cinematográfico.

CARAS
28 de outubro de 2017, 15:59

Em 2009, Megan Fox foi despedida de 'Transformers 3' e substituída por Rosie Huntington-Whiteley. A sua saída do projeto aconteceu pouco depois de dizer à revista britânica Wonderland que o realizador Michael Bay "queria ser como Hitler nos seus plateaus" e que era "um pesadelo trabalhar para ele". Oito anos depois, a atriz finalmente abriu o coração sobre o incidente, que manchou a usa imagem durante muito tempo em Hollywood. "Esse foi absolutamente o ponto baixo da minha carreira", confessou à Cosmopolitan UK. "Mas sem essa coisa, não teria aprendido tão rápido quanto aprendi. Tudo o que tinha de fazer era pedir desculpa - e recusei-me. Era tão arrogante aos 23 anos, não podia ver que era por um bem maior. Pensava mesmo que era a Joana D'Arc."
A decisão de dispensar Megan partiu de Steven Spielberg, um dos produtores executivos do filme, que não viu com bons olhos a atitude da protagonista. "Magoou-me a mim e a muitas outras pessoas", continuou a estrela. "Contudo, essas trevas que se abateram [sobre mim] causaram um crescimento espiritual enorme e rápido. Olhando para trás, mal me apercebi daquilo que tinha feito a mim mesma, foi uma experiência de aprendizagem inevitável".

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras