Nas Bancas

James Packer diz que noivado com Mariah Carey foi "um erro"

O empresário australiano arrepende-se da relação.

CARAS
25 de outubro de 2017, 17:27

Os opostos atraem-se, mas isso não significa que tenham futuro juntos. Quase um ano depois de Mariah Carey e James Packer colocarem um ponto final no noivado, o empresário australiano revelou por que motivo o romance nem sequer devia ter acontecido. "Foi um ponto baixo na minha vida pessoal", confessou ao 'The Australian'. "Ela era bondosa, entusiasmante e divertida. A Mariah é uma mulher com substância. Mas foi um erro para ela e para mim".
Recorde-se que a relação chegou ao fim durante umas férias a dois na Grécia. Na altura, uma fonte contou à revista 'PEOPLE' que James "não estava num lugar mentalmente saudável" e que o seu comportamento não era "uma situação desejável para a Mariah, portanto, infelizmente, ela teve de deixá-lo". Por sua vez, o porta-voz do bilionário refutou essa versão dos acontecimentos dizendo que "simplesmente não é verdade".
Mariah e James conheceram-se em 2014 através de um amigo em comum. Assumiram o romance em junho do ano seguinte e, nesse verão, passaram várias semanas consecutivas a bordo do iate de luxo dele. Dois meses depois, desfilaram juntos pela primeira vez na passadeira vermelha na estreia do filme 'O Estagiário', em Nova Iorque. Em janeiro de 2016, chegou o pedido de casamento com um anel de diamantes de 35 quilates, no valor de 7,5 milhões de dólares, mas em outubro os dois decidiram separar-se.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras