Nas Bancas

Jim Carrey revela que a ex-namorada tentou prejudicá-lo antes de se suicidar

O ator acrescentou informações ao processo judicial que o acusa de ser responsável pela morte de Cathriona Withe.

CARAS
22 de outubro de 2017, 16:01

Após ter sido acusado de ter fornecido medicamentos à ex-namorada, Cathriona White, para cometer suícidio, Jim Carrey foi responsabilizado pela jovem ter contraído uma doença sexualmente transmissível (DST). Contudo, o ator veio agora desmentir essa teoria.

De acordo com a revista People, Carrey acrescentou novas informações ao processo judicial e acusou a ex-namorada de falsificar os testes de DST, numa tentativa de lhe extorquir dinheiro. O ator afirma que ex-namorada terá trocado o seu teste pelo o de uma amiga.

Recorde-se que Cathriona Wthie, de 30 anos, suicidou-se em 2015, mais de um mês depois de se ter separado de Jim Carrey. Desde aí, o ator, de 55 anos, poucas vezes foi visto em eventos públicos. Mais recentemente, esteve no Festival Internacional de Toronto, no Canadá, que decorreu no mês passado.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras