Nas Bancas

Sara Sampaio e Cameron Russel dizem não ao assédio sexual

As duas manequins querem alertar que também no mundo da Moda existem episódios de assédio.

CARAS
18 de outubro de 2017, 18:08

Para mostrar que não é só na industria cinematográfica que existem episódios de assédio sexual, a norte-americana Cameron Russel abriu a sua conta no Instagram a apelar às jovens modelos que denunciem os episódios de assédio ou de abuso que possam vir a ser vítimas. A manequim criou também a hashtag MyJobShouldNotIncludeAbuse, que quer dizer: o meu trabalho não deveria incluir abuso sexual.

Sara Sampaio, também modelo internacional, mostrou-se solidária com a causa e recorreu também ao Instagram para partilhar a iniciativa da colega.

"Estando na indústria há dez anos, quero que todas as raparigas e rapazes saibam que podem e têm o direito de dizer não.! E agora mais do que nunca estes comportamentos têm de ser denunciados. Quero que saibam que não estão sozinhos e que têm de ser ouvidos. Estou ao lado Cameron Russel, isto tem de acabar! E só acaba quando começarmos a responsabilizar as pessoas.", escreveu a manequim portuguesa.

Cameron admitiu na sua página de Instagram que quer acabar com os abusos no mundo moda e chegou a confessar que uma amiga sua, também modelo, foi assediada por um fotógrafo quando tinha 15 anos.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras