Nas Bancas

Carla Bruni revela que Nicolas Sarkozy a salvou de se tornar alcoólica

Em entrevista ao jornal britânico 'The Times', a cantora e antiga modelo confessou que o marido a salvou da dependência do álcool.

CARAS
10 de outubro de 2017, 10:47

Carla Bruni, de 49 anos, revelou que ao contrário de si, o marido Nicolas Sarkozy, 'nunca bebe' e que por isso foi uma excelente influência. "O Nicolas salvou-me de ser alcoólica", contou a ex-primeira dama francesa. "Adoro vinho e gosto muito de champanhe, mas não bebo quando estamos só os dois. Não abro uma garrafa para mim, porque não é muito divertido beber sozinha", acrescentou.
Em entrevista ao jornal The Times, Bruni não poupou elogios ao ex-presidente de França, que está a aprender inglês. "Levanta-se todos os dias de madrugada e estuda uma hora e meia antes do trabalho. Agora fala inglês com todos'" revelou.
Recorde-se que Carla Bruni começou a trabalhar como modelo aos 19 anos e fez trabalhos para marcas como a Guess, Chanel, Christian Dior e Versace. Em 1980, chegou mesmo a ser uma das 20 modelos mais bem pagas do mundo. Já em 1998, trocou as passerelles pela música e lançou seis discos, o último já durante este ano.
É casada com Nicolas Sarkozy, de 62 anos, com quem tem uma filha, Giulia, de cinco anos.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras