Nas Bancas

A herança de João Lagos

João Lagos, de 73 anos, voltou à organização de eventos desportivos com o Portugal Padel Masters, que decorreu no Estádio Nacional, e para o qual contou com a ajuda do filho Tomás, de 36 anos.

Claudia Alegria
6 de outubro de 2017, 15:00

Há três anos afastado de eventos desportivos, foi com entusiasmo que João Lagos aceitou o desafio de trazer o Padel Masters para Portugal. Um plano que conseguiu concretizar com sucesso e para o qual voltou a contar com o apoio incondicio­nal dos filhos, duas razões para se sentir orgulhoso. “Todos eles se envolvem. Têm outra vida que não exclusivamente esta ligada ao desporto, mas quando o pai entra num projeto os filhos estão sempre lá, a qualquer hora do dia ou da noite”, assegurou-nos o empresário, de 73 anos, garantindo que a relação entre pai e filhos nunca sai lesionada pelos momentos de ansiedade que normalmente antecedem estes grandes eventos. “Se houver razão para ‘levarem nas orelhas’, levam tanto quanto qualquer outro operário. Todos nós estamos sujeitos a críticas construtivas, mas não belisca a nossa relação de forma alguma, pelo contrário, só reforça e acentua a nossa grande preocupação em fazer tudo o melhor possível. Somos todos muito perfeccionistas”, garante o empresário, que desta vez trabalhou de perto com o filho Tomás, de 36 anos, production manager do torneio. “Fiquei responsável por delinear tudo o que estivesse relacionado com decoração e layout do evento. Claro que há sempre coisas a fazer até ao último minuto, mas estou muito feliz com o resultado”, disse Tomás.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras