Nas Bancas

Fernanda Liz: “Hoje já sei lidar com o meu corpo, com as minhas limitações”

A manequim brasileira esteve em Portugal para fotografar para a campanha My Intimate by Cantê, linha de “lingerie” desenhada por Francisca Pereira, mulher de Ricardo Pereira.

Andreia Cardinali
30 de setembro de 2017, 14:00

Considerada uma das manequins mais bonitas do Brasil, Fernanda Liz, de 27 anos, já trabalhou para os maiores criadores de moda do mundo, como a Givenchy, primeira marca para a qual desfilou. “Já trabalho há mais de dez anos e o meu sonho sempre foi ter uma carreira internacional. Moro em Nova Iorque há quatro anos e, desde então, tenho tido oportunidades maravilhosas. Sinto-me muito grata por todo o meu percurso e por tudo o que já alcancei.”
Mas nem tudo foi fácil na vida de Fernanda, que há quatro anos decidiu emagrecer e perder sete quilos para deixar de ser manequim comercial e poder fazer passerelle, conforme nos contou: “Sempre tive muito trabalho e viajei pelo mundo, mas para fazer anún­cios. Os padrões de beleza e moda são mais restritos, e eu percebi que se queria continuar a seguir o meu sonho e avançar para a etapa seguinte teria de perder peso. Hoje já sei lidar com o meu corpo, com as minhas limitações, mas também aceitar que a carreira de manequim tem algumas obrigações e sacrifícios. O jeito que encontrei para manter o meu peso foi treinar todos os dias, e cumpro com isso. Tenho cuidado com a alimentação, mas não deixo de comer. Claro que já fiz dietas loucas, mas não funcionaram. No final, há que ser regrado. E também ter cuidados com a pele, fazer massagens, mas acho que é como qualquer outro trabalho, com as suas especificidades e limitações.”
A viver uma relação à distância, já que o seu noivo, Flavio Sarahyba, mora no Brasil, a manequim garante que o empresário é o seu maior fã: “Ele apoia muito o meu trabalho, porque sabe que este é o meu sonho, mas claro que é difícil estarmos longe. A sorte é que eu vou muitas vezes ao Brasil e ele também vai ter comigo sempre que possível. Agora que estou noiva desde a passagem do ano, vamos ver como iremos fazer as coisas, mas a ideia é que ele vá morar para Nova Iorque, porque a minha carreira está numa fase ótima e eu tenho que estar lá. Costumo dizer que nós somos a prova de que os relacionamentos à distância dão certo.”
Felizmente, e apesar de nem sempre ser fácil, Fernanda já encontrou uma forma de lidar com os ‘nãos’ que fazem parte da sua profissão: “Às vezes sinto uma tristeza e é difícil lidar com isso, mas acho que me começo a habituar. A questão é que não é só uma pessoa que avalia, são várias, e todos focam os teus pontos fracos. Hoje em dia, quando isso acontece, penso que eles é que ficam a perder. [Risos.] Há que encontrar formas de defesa. Tive sempre o apoio da minha família e sempre achei importante lidar com as críticas. A melhor forma é continuar, ser persistente e acreditar em nós. É realmente uma profissão muito difícil, ao contrário daquilo que a maioria das pessoas pensa.”
Em Portugal para protagonizar a campanha My Intimate by Cantê, resultante da parceria entre a mulher de Ricardo Pereira, Francisca Pereira, e a marca portuguesa, a manequim ficou encantada com o projeto: “A Chica é minha amiga no Brasil e falou-me desta parceria com a Cantê e fiquei logo encantada. Acho as peças de lingerie lindas, muito chiques, e quando fotografei com elas disse logo que queria ficar com tudo. [Risos.] Não tenho dúvidas de que será um sucesso.”

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras