Nas Bancas

GettyImages-843537030.jpg

Getty Images

Kim Kardashian recebe carta do homem que a assaltou em Paris

A 'socialite' ficou traumatizada com os momentos vividos num hotel parisiense em outubro de 2016.

CARAS
29 de setembro de 2017, 15:56

Há um ano, durante a Semana da Moda de Paris, Kim Kardashian foi notícia depois de ter sido assaltada no hotel onde se encontrava hospedada. A socialite ficou aterrorizada e muito traumatizada com o drama vivido naquele dia no quarto do hotel privado Château de Pourtalès, em que a amordaçaram e ameaçaram com uma arma e lhe levaram joias no valor de dez milhões de euros, entre elas o anel de noivado oferecido por Kanye West.
Agora, um dos homens que esteve envolvido no roubo enviou uma carta à estrela do reality show Keeping Up with The Kardashians, escrita em francês. Segundo o site de celebridades TMZ, Aomar Ait Khedache, de 60 anos, admitiu todos os factos e lamentou os danos psicológicos causados à socialite e à sua família. "Dirijo-me a ti, como ser humano, para dizer-te o muito que me arrependo do que fiz, e o muito que me comovi ao ver-te a chorar. Quero que saibas que sou solidário com a tua dor, a dos teus filhos, do teu marido e daqueles que te rodeiam. Espero que com esta carta me perdoes pouco a pouco o trauma por que te fiz passar através do meu ato”, pode ler-se na nota.
Várias fontes do círculo de amigos de Kim garantem que esta não aceitou o pedido de desculpas e que vê esta mensagem como uma estratégia para mostrar o seu arrependimento perante o tribunal.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras