Nas Bancas

Tiago Carreira: “Senti que tinha que deixar o futebol e descobrir a moda”

Em menos de um ano, o manequim conquistou um lugar no mundo da moda que o enche de orgulho.

Vanessa Bento
10 de setembro de 2017, 16:00

Desde os cinco anos que o futebol era a sua vida. Mas quando a necessidade de mudar e de conquistar novos objetivos se fez sentir, Tiago Carreira, de 22 anos, não ficou agarrado ao passado e decidiu pôr os olhos no futuro. Foi assim que deu os primeiros passos na moda e que se tornou um nome a ter em conta. Em menos de um ano conquistou a Ferrari e a Dolce & Gabbana, mas nem por isso se deixa deslumbrar pelo brilho das luzes da ribalta. “Nem vale a pena. Consegui estas campanhas, mas daqui a um ano já ninguém quer saber. O que interessa é sempre o que vem a seguir”, sublinhou o manequim, que cresceu na Venda do Pinheiro e tem na família e na namorada, Joana Cardoso, o apoio de que precisa para encarar de frente os novos desafios que tem vindo a conquistar.
– Quando é que a moda se tornou uma certeza?
Tiago Carreira – Há um ano. Fui jogador de futebol durante 15 anos e o ano passado percebi que estava descontente e que precisava de mudar alguma coisa na minha vida. Já estava na L’Agence e falei com eles sobre a possibilidade de fazer alguma coisa a sério. A resposta foi positiva, mas disseram-me logo que seria para sair de Portugal. Saí de cá a 10 de outubro, para Madrid, e de lá fui para Milão.
– E é este o caminho?
– Sim, não me arrependo de nada. Estou muito feliz. As coisas estão no bom caminho, não podia estar mais grato.
– Acredita que a moda lhe estava destinada?
– Plenamente. Nada acontece por acaso. Comigo, as coisas estão a acontecer por uma razão, e está tudo a bater certo. Senti que tinha mesmo que deixar o futebol e descobrir este caminho.
Leia esta entrevista na íntegra na edição 1152 da revista CARAS.
Assinatura Digital
Apple Store
Google Play
Vídeo de 'making of' da sessão fotográfica que acompanha a entrevista:

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras