Nas Bancas

Manuel Luís Goucha: “A vida que queria para mim não passava por ter filhos”

O apresentador foi de novo convidado para ser o embaixador da campanha do grupo Os Mosqueteiros que apoia os bombeiros nacionais através da aquisição de equipamentos.

Vanessa Bento
11 de agosto de 2017, 12:35

Desde que surgiu com uma aliança no dedo anelar da mão esquerda, Manuel Luís Goucha não se livrou das especulações sobre um possível casamento. Discreto, o apresentador prefere não desvendar nada sobre o assunto, mas mantém o bom humor. “Isso tem graça... Só falo na presença do meu advogado”, ripostou, com uma gargalhada.
Ao lado de Rui Oliveira há 19 anos, Manuel Luís Goucha garante que a sua relação é igual a tantas outras. “Uma relação faz-se de companheirismo e respeito. Não acredito em almas gémeas, acho que é um lugar-comum. Mas acredito que é possível duas pessoas, independentemente do género, viverem juntas e gostarem de estar juntas... Também acredito que as coisas têm um princípio, um meio e um fim. Às vezes, o fim leva muito pouco tempo a chegar, outras vezes, o fim só acontece com a morte de um deles. No meu caso, nunca pensei se é para sempre ou não. Vivo um dia de cada vez”, admitiu o apresentador. “Sempre me conheci muito bem. Sempre soube o que era, quem era e como era. Sempre soube a vida que queria para mim. E essa vida não passava por ter filhos. Não me faziam sentido”, concluiu Goucha.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras