Nas Bancas

Anabela, uma grávida serena e muito feliz: “Sempre me vi a ser mãe de um rapaz”

A cantora e o marido, Vítor Esteves, vão ser pais de um rapaz, que vai chamar-se Vicente. O bebé deverá nascer em meados de outubro e a cantora gostava que o marido assistisse ao parto.

Marta Mesquita
6 de agosto de 2017, 10:00

Quando soube que estava grávida, Anabela nem queria acreditar. Conta que olhou “muitas vezes” para o teste para se mentalizar que ali, mesmo à sua frente, estava a prova de que os sonhos podem mesmo realizar-se. Sempre soube que queria ser mãe, mas só aos 40 anos é que este desejo começou a ganhar, literalmente, corpo e nome. Vicente deverá nascer em meados de outubro, mas já conquistou o seu espaço na vida da cantora e do marido, o gestor Vítor Esteves. Apesar de o sonho ser grande, as expectativas são poucas. Anabela sabe que tudo vai mudar, mas, por enquanto, quer desfrutar de cada fase da gestação, vivendo, serena, um dia de cada vez.
A caminho dos sete meses de gravidez, a cantora posou para a CARAS e partilhou as emoções que enchem este novo palco da sua vida.
– Sempre quis ser mãe?
Anabela – Sim, sempre quis ser mãe. Aliás, era um dos meus grandes sonhos. Por isso, quando soube que estava grávida, senti uma alegria enorme. Nem acreditava que era verdade, porque era algo que queria há algum tempo. Já estávamos a tentar há um ano e meio. Foi algo que não aconteceu logo.
– Realizar um sonho dá origem a uma grande mistura de sentimentos. Consegue descrever o que sentiu naqueles primeiros meses de gravidez?
– A minha primeira reação foi a de questionar. Vi muitas vezes o resultado do teste de gravidez! Depois de uma grande alegria, há também algum receio, sobretudo naqueles primeiros meses. Vivi tudo com calma, para o caso de receber alguma má notícia. Mas senti sempre uma grande alegria. Queria tanto isto que a felicidade é maior do que todos os outros sentimentos. E tem sido uma gravidez muito tranquila. Sinto-me muito bem.
– Já se sente mãe?
– Ainda não me sinto mãe e estou a ser completamente sincera. Estes nove meses são uma preparação para a maternidade. Este tempo de adaptação e de mudança é muito importante. Sei que tenho um bebé dentro de mim, mas ainda não o tenho ao colo. Estou a viver esta gravidez com muita serenidade, aproveitando todos os momentos.
Leia esta entrevista na íntegra na edição 1147 da revista CARAS.
Assinatura Digital
Apple Store
Google Play
Vídeo de 'making of' da sessão fotográfica que acompanha a entrevista:

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras