Nas Bancas

GettyImages-631334290.jpg

Getty Images

Cristiano Ronaldo: "Nunca escondi nada nem tive intenção de fugir aos impostos"

O jogador não falou com os jornalistas, nem à entrada, nem à saída do tribunal. Mais tarde, emitiu um comunicado a reafirmar a sua inocência.

CARAS
31 de julho de 2017, 17:16

Cristiano Ronaldo emitiu um comunicado depois de ter sido ouvido em tribunal esta segunda-feira, 31 de julho. O craque português reafirma a sua inocência. "O Tesouro espanhol conhece, ao detalhe, todos os meus rendimentos, porque os entregámos. Nunca escondi nada, nem tive intenção de fugir aos impostos", pode ler-se.
CR7 negou ainda ter criado uma "estrutura especial para gerir os direitos de imagem", quando assinou contrato pelo Real Madrid, em 2009, tendo apenas ficado com o que "geria quando jogava em Inglaterra". "Foi comprovado pelo Tesouro inglês como legal e legítima", diz.
O capitão da seleção nacional explicou que foram os seus assessores que se encarregaram de todos os procedimentos fiscais. "Quem me conhece, sabe o que peço aos meus assessores. Que tenham tudo em dia e pago corretamente, porque não quero problemas", conclui a nota.
Recorde-se que Ronaldo foi ouvido esta manhã no tribunal de Pozuelo de Alarcón, nos arredores de Madrid, e no final do interrogatório, recusou-se a falar aos jornalistas.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras