Nas Bancas

Francisco Pinto Balsemão medalhado

Defesa da liberdade de expressão justifica homenagem.

André Barata
7 de julho de 2017, 17:30

No dia em que o Instituto Politécnico de Lisboa comemorava 31 anos de existência, Francisco Pinto Balsemão foi homenageado com uma medalha de Ouro pelo seu contributo para a consolidação da liberdade de expressão no nosso país. A medalha foi-lhe entregue pelo presidente da instituição, Elmano Margato.
Tanto no seu discurso de agradecimento como na intervenção que fez, intitulada “O que é, Hoje, Lutar Pela Liberdade de Expressão”, o presidente do Grupo Impresa abordou esta temática, que continua a ser premente nos dias que correm. Na ocasião, referiu casos específicos, como o facto de a SIC Notícias e a SIC Internacional África terem deixado de ser transmitidas em Angola. “É nossa obrigação noticiar, denunciar, criticar os abusos, as violações cometidos pelo poder político”, real­çou Francisco Pinto Balsemão.
Numa era em que o digital faz parte do dia-a-dia de todas as pessoas e profissões, a temática do impacto das novas tecnologias no jornalismo foi também um dos temas abordados pelo antigo primeiro-ministro, numa tarde que contou ainda com atuações artísticas de estudantes das Escolas Superiores de Dança, de Música e de Teatro e Cinema. Foram ainda atribuídas medalhas de Prata de Valor e Distinção aos estudantes e diplomados do Politécnico de Lisboa, assim como medalhas de Prata de Emérito aos funcionários aposentados em 2016.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras