Nas Bancas

Salvador Sobral: “Reconheço que fui bastante inoportuno”

Músico pediu desculpas pelo momento insólito que protagonizou durante o concerto de ajuda às vítimas dos incêndios, ‘Juntos Por Todos’.

CARAS
28 de junho de 2017, 16:14

“Sempre falei duas vezes antes de pensar. Esta minha característica tem a sua parte boa e também a parte má. Ontem, infelizmente, reconheço que fui bastante inoportuno. Espero que esta triste intervenção não nos faça esquecer o passo que demos juntos, desde os músicos até vocês que contribuíram para ajudar aqueles que estão em sofrimento neste momento, que são o mais importante no meio de tudo isto. Peço desculpa se ofendi alguém, sinceramente. Não era a minha intenção, nunca foi”, pode ler-se na página oficial de Facebook de Salvador Sobral que está a ser fortemente criticado devido a um comentário inesperado durante a atuação na gala Juntos Por Todos, que decorreu esta terça-feira, 27 de junho, no Meo Arena, em Lisboa.
O tema Amar Pelos Dois, interpretado por Salvador Sobral, foi o último a ser ouvido e a atuação ficou marcada por um momento insólito. O vencedor do Festival da Eurovisão, de 27 anos, surpreendeu a plateia com um comentário inesperado: “Tenho a sensação de que qualquer coisa que eu faça vocês vão aplaudir. Se eu der um peido, quero ver o que vocês fazem”. O público reagiu com palmas e gargalhadas, mas também com alguns apupos. Nas redes sociais, têm sido muitas as partilhas sobre estas palavras e muitos criticam o cantor, considerando que se trata de uma falta de respeito, tanto pelo público como pelo momento de emotivo que se estava a viver.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras