Nas Bancas

Johnny Depp faz pedido de desculpas a Donald Trump

O ator sugeriu o assassínio do Presidente dos Estados Unidos durante um concerto.

CARAS
25 de junho de 2017, 16:14

Johnny Depp viu-se obrigado a fazer um pedido de desculpas a Donald Trump depois de, num concerto em Glastonbury, Inglaterra, ter feito sugestões sobre o assassínio do Presidente dos Estados Unidos. "Quando foi a última vez que um ator assassinou um presidente?", terá perguntado, pedindo, de seguida, que alguém levasse Trump até ele.

"Estava apenas a tentar ser engraçado, sem intenção de fazer mal a ninguém", disse o ator de 54 anos em comunicado, pedindo desculpa pelas suas palavras.

Um comunicado da Casa Branca condenou as palavras de Johnny Depp: "O Presidente Trump condena a violência em todas as suas formas e é triste que outros como Johnny Depp não sigam o seu exemplo".

Palavras-chave

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras