Nas Bancas

19399935_1457491690976627_7431699718417561348_n.jpg

DR

Andreia Rodrigues emociona-se ao falar do pai e da avó em "Alta Definição"

A apresentadora fala com o noivo, com que vai dar o nó hoje, dia 24, sobre uma fase muito dolorosa da sua vida e ainda revela qual é a pessoa que lhe vai fazer falta neste momento tão importante.

CARAS
24 de junho de 2017, 14:29

No dia em que diz o "sim" a Daniel Oliveira, Andreia Rodrigues é também a convidada do noivo para "Alta Definição". No programa da SIC, a apresentadora emociona-se ao falar da avó. "Uma das pessoas que queria ter neste momento não está, mas estará", revela a apresentadora, emocionando-se ao falar da avó paterna."É especial estar rodeada pelas pessoas que amo, dos meus amigos, a família que escolhi e que me escolheu", continua, com lágrima nos olhos.

De seguida, a apresentadora revela que quem a vai levar ao altar é o avô e não o pai. "O meu pai seguiu um caminho que o afastou da família, de mim". Andreia confessa que, em tenra idade, lidou com sentimentos de abandono e diz acreditar que o pai foi vítima das escolhas que fez. Apesar de tudo, garante que voltou a tentar entrar em contacto com ele, mas voltaram a afastar-se. "Há muito tempo que o meu pai não me liga, porque não quer, porque um dia lhe disse que não lhe dava aquilo que ele queria. A meu entender, ajudar não é dar dinheiro, é outra coisa. Nunca tive vergonha das opções que o meu pai tomou, sempre o tentei ajudar. Se nunca falei sobre este assunto foi por respeito a ele e ter esperança de que um dia tudo fosse como eu imaginei. Imaginei ter o meu pai ao meu lado o resto da vida, ser ele a levar-me ao altar, vê-lo a brincar com os meus filhos". Apesar de toda a dor que esta ligação lhe causa, Andreia garante que foi capaz de o perdoar.

Andreia Rodrigues revela ainda que houve um tempo em que teve medo de amar. "Mas isso voltou a ser importante quando encontrei o amor da minha vida, com quem quero envelhecer", diz, em jeito de declaração, a Daniel Oliveira. "Hoje vejo o amor de forma diferente. A vida tem mostrado que o amor está mais em nós do que o que o outro nos tem. Temos que nos amar para amarmos o outro".

Andreia Rodrigues acrescenta que houve uma fase da sua vida na qual acreditava que não merecia ser amada. "Houve uma altura em que achei que tinha deixado de o ser, por uma das pessoas mais importantes da minha vida. Lidar com esse sentimento e essa sensação de que alguém desistiu de nós, mesmo que não o tenha feito e que hoje perceba isso, isso fez com que eu não soubesse onde estavam os limites do dar e depois exigia do outro na mesma medida. Amar não é isso".

Recorde-se que hoje, dia 24, é o casamento de Andreia Rodrigues e Daniel Oliveira, que estão noivos desde agosto de 2016.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras