Nas Bancas

2017-06-18_123736.jpg

D.R.

Famosos solidários com a tragédia em Pedrógão Grande

O incêndio florestal que deflagrou este sábado já fez 61 mortos e 57 feridos.

CARAS
18 de junho de 2017, 12:39

O incêndio que fustiga os concelhos de Pedrógão Grande e Figueiró dos Vinhos e que já fez pelo menos 61 mortos e 57 feridos tem sido notícia um pouco o mundo e já motivou diversas reações nas redes sociais.
Isabel dos Santos (empresária): "Tive a tristeza de ver que deflagrou ontem em Portugal na Zona centro um enorme incêndio onde morreram até agora mais de 60 pessoas e muitas foram apanhadas desprevenidas. Vemos que o incêndio ainda esta por controlar e o incansável, corajoso trabalho de todas as corporações de bombeiros mobilizadas, mas que não são suficientes, e é uma tragédia nacional. A minha solidariedade, neste momento de grande tristeza é com as famílias, e vítimas deste drama, e no apoio e ajuda as famílias de vítimas. O meu pensamento vai a todos aqueles que perderam seus queridos ..."
Narendra Modi (primeiro-ministro da Índia): "Triste por ler as notícias das perdas trágicas de um incêndio florestal em Portugal. As minhas mais profundas condolências ao povo português"
Dolores Aveiro: “Estou sem palavras. Portugal está triste”
Joana Solnado (atriz):
“Estamos todos com o coração nas mãos com esta terrível notícia em Portugal. Vamos fazer o que está ao nosso alcance! Com a operação "Um Abraço a Portugal" pode ajudar as vítimas desta tragédia. Ligue para o número solidário 760 100 100 e junte-se a nós neste Abraço a Portugal. O dinheiro das chamadas reverte a favor das vítimas dos incêndios. Somos um país solidário, sei que vamos conseguir estar juntos neste momento difícil para todos. As minhas meditações estão convosco, Pedrógão Grande.”
Sara Prata (atriz): “Portugal está de luto.Quartéis em todo o país recebem mantimentos que enviam para os locais mais afetados. Presidente da Liga de Bombeiros pede fruta e barras energéticas. Portugal já se move para que a ajuda chegue a Pedrógão Grande. Apelo principalmente para todos os que estão mais perto entregarem as dádivas nos quartéis de bombeiros de Figueiró dos Vinhos, Pedrógão Grande, Castanheira de Pera ou Alvares, no concelho de Góis, pela maior facilidade em fazer chegar rapidamente os bens alimentares a estes lutadores. O Corpo de Bombeiros Voluntários de Lisboa também agradece o apoio e garante que fará chegar o mais depressa possível. Quem quiser enviar água ou outros produtos alimentares não perecíveis, poderá entregá-los diretamente nas instalações, no Largo Barão Quintela, em Lisboa. Vamos todos ajudar por favor. Quem souber de linhas de apoio ou outros sítios onde possamos deixar a nossa ajuda vá informando também por aqui, para que a mensagem chegue ao maior número de pessoas. Obrigada. Força a Pedrogão, com o meu maior respeito e dor por todas as famílias”
Maria João Bastos (atriz): “As notícias que chegam hoje do meu país são horríveis e tristes! 😢 POR FAVOR VAMOS TODOS AJUDAR "Um Abraço a Portugal"”

Anabela Teixeira (atriz): “O que fazer para ajudar? Doar alimentos e bebidas nos quartéis de bombeiros: água com gás, água oxigenada, compressas, ligaduras, sumos. As entregas Há também várias contas solidárias”
Liliana Santos (atriz): “Os bombeiros que estão a combater o fogo em Pedrógão Grande precisão de ajuda com água, frutas e outros bens alimentares quem estiver na zona poderá entregar as suas contribuições em qualquer quartel de Leiria, especialmente no de Figueiró, Castanheira ou Pedrógão. Podem também entregar os bens na base do INEM em Avelar, no cruzamento do IC 8 com o IC3. Passem a palavra!!!!!! Obrigada”
Rita Ferro Rodrigues (apresentadora): “Há que começar a pensar em como podemos ajudar as famílias das vítimas e todos as pessoas que viram as suas casas e bens desaparecer engolidos pelo fogo. Nós podemos ajudar com a nossa solidariedade . Sei que neste momento a prioridade são os feridos e acabar esta contabilidade trágica de mortos... e terá de se fazer um balanço dos danos materiais. Sei de tudo isso. Mas peço às instituições, organizações e Associações da região afectada que nos digam como se pode ajudar. Sei que como eu, são muitas as pessoas que querem contribuir para o reconforto possível das famílias afectadas.”
Federação Portuguesa de Futebol: “O dia em que iniciamos a participação na Taça das Confederações é igualmente um dia de grande consternação e dor para o País que orgulhosamente representamos.
A tragédia ocorrida em Pedrógão Grande, que reclamou a vida de tantos dos nossos compatriotas, não pode deixar ninguém indiferente e certamente não nos deixa a nós.
Nesta hora tão triste, enviamos as mais sentidas condolências às famílias, amigos e entes queridos das vítimas dos incêndios.
Se temos consciência de que meras palavras não poderão minimizar a vossa dor que também é nossa, dizemo-vos, ainda assim, que hoje em campo levaremos o vosso coração no nosso coração.”

Sofia Ribeiro (atriz): "Que dor!...Que arrepio na espinha de pensar na dor destas pessoas...Não há palavras. O meu coração está com todos vocês, família, amigos e super bombeiros. Muita força!! Não as percam pff. É preciso mudar algo, isto não pode voltar a repetir-se."
Cláudia Vieira (atriz): "Quando de um momento para o outro a vida de muitos fica devastada e um pouco mais do nosso habitat se destrói... Aos familiares das vítimas os meus sinceros pêsames e aos bombeiros toda a coragem desta vida!!!"
Catarina Furtado (apresentadora): “Inacreditável. Um abraço solidário ( que nada vale!) para as famílias, para os habitantes destas terras maravilhosas. E a minha eterna gratidão para os/as bombeiros/as. Obrigada! Todas as fotografias felizes, de piscinas e praias, gelados e sorrisos de um fim de semana de calor, ficam reduzidas a zero.”
Júlia Pinheiro (apresentadora): “Sem palavras e cada vez mais indignada …”
João Moleira (jornalista): “Depois de 12 horas a trabalhar chegas a casa e vês que 19 pessoas morreram no incêndio com que abriste o jornal. Por mais cansado que estejas a tragédia tira-te todo o sono.”
Bárbara Taborda ('blogger'): “Que tragédia. O meu coração está com.todas as vítimas , familiares e bombeiros que combatem este inferno . Hoje Portugal acorda de luto”
Cláudia Borges (apresentadora): “Sem palavras”
Andreia Dinis (atriz): “Não há palavras para descrever esta tragédia . As minhas sinceras condolências para a família dos q pereceram. E a minha admiração pelos heróis que arriscam as suas vidas no combate às chamas. Algo tem que mudar urgentemente no nosso pais. Uma justiça mais pesada para as mãos criminosas e mais meios para combater este flagelo. 57 VÍTIMAS....57!”
Raquel Strada (apresentadora): “As notícias que me chegam do meu país são horríveis. Temos de alguma forma de nos mobilizar para ajudar e evitar que situações assim voltem a acontecer.”
Ana Moura (fadista): "Absolutamente horrorizada com as notícias que nos chegam de Pedrógão Grande. Não consigo dizer nada. Apenas manifestar a minha profunda solidariedade com as famílias das vítimas. Um abraço de muita força a todos os bombeiros e demais autoridades que estão no terreno. Que noite tão triste."
Filomena Cautela (apresentadora): "A todos os que perderam os seus, a ti minha Tânia, guerreira, e a quem ainda está a lutar, envio toda a coragem e amor. Não se deixa ninguém para trás."
Fátima Lopes (apresentadora): "Portugal está de luto. Neste momento difícil, o meu pensamento está com os familiares e amigos das vítimas deste fogo, a quem deixo um abraço amigo. Aos bombeiros, nossos heróis, mais uma vez, o meu muito obrigada."
Sofia Grillo (atriz): "Que tragédia! Uma dor nacional!! Um abraço solidário às famílias, os meus profundos sentimentos pelas vítimas!! Obrigada aos bombeiros, verdadeiros heróis.!! Quando é que isto acaba?!!???"
Nuno Eiró (apresentador): "Um outro tipo de atentado que não nos pode deixar indiferentes. Nem como seres humanos, nem como portugueses! Um abraço a todos os familiares das vitimas e feridos, aos que viram as suas casas devoradas pelas chamas e aos Bombeiros que lutam para minimizar aquilo que a Natureza causou!"
Leonor Poeiras (apresentadora): "Um abraço apertado a todos os familiares das vítimas e um gigante obrigada a cada um dos bombeiros que luta contra esta tragédia"
Carolina Loureiro (apresentadora): "Que tragédia. O meu coração está com todos vocês"
Tânia Ribas e Oliveira (apresentadora): "Comecei assim o dia do meu aniversário, com o João e com os meus filhos. Felizes. No meio da natureza. Não posso deixar de enviar um abraço de conforto a todas as famílias que perderam os seus entes queridos neste inferno de chamas que consome parte do nosso país."
Isabel Figueira (apresentadora e atriz): "Tragédia Nacional. RIP"
João Mário (futebolista): “Acontecimento muito triste. Toda a solidariedade para com as famílias que perderam os seus entes queridos. Que este trágico acidente nos una e que dê força à nossa selecção para homenagear as vítimas com uma vitória!”
Ricardo de Sá (ator): “Vamos rezar por todas as pessoas que estão a viver este inferno de perto. Toda a ajuda é importante! Desloquem-se aos bombeiros voluntários mais próximos e ajudem. Bens preferenciais e essenciais! Os guerreiros precisam de ajuda na batalha”
Dalila Carmo (atriz): “A saga dos fogos continua com resultados cada vez mais trágicos e continuamos sem respostas#shame#sadness ("Planeamento e emparcelamento da floresta portuguesa para dar prioridade às espécies autóctones, criar um mosaico florestal, linhas de corta fogo etc, acabar com a cultura do eucalipto e do pinheiro e impedir que o individual se sobreponha ao colectivo(...)" Obrigada Jaime Marta Soares”
Dânia Neto (atriz): “Muita força, muito amor e muita coragem às famílias das vítimas, aos feridos, a quem ficou sem casa e a todos os que estão a lutar para acabar com esta tragédia.”
Carla Ascenção (jornalista): “De luto pelas vítimas de Pedrógão Grande
Inês Folque (apresentadora): “Com o coração pequenino.. muito pequenino. Muita força para todas as famílias afectadas por esta tragédia e um sincero obrigada aos bombeiros e a todas as pessoas que estão a unir esforços para acabar com esta tragédia”
Joana Teles (apresentadora): “Que dia triste. Um forte abraço a quem perdeu família e amigos nesta fatalidade. Obrigada aos heróis bombeiros. Estamos todos de coração pesado. Muita força.”
Sara Matos (atriz): “Muito triste. Sem palavras. Ainda sem reacção mas com a certeza que vamos ter que fazer alguma coisa. Portugal precisa de todos nós.”
Tiago Aldeia (ator): “É incrível que todos os anos nos primeiros dias de calor, os grandes incêndios parecem ser uma novidade, que ninguém está à espera... é preciso agir na prevenção, investir nos nossos corajosos bombeiros, nos seus MEIOS, colocar o nosso exército e força aérea a ajudar, todos juntos e organizados, verdadeiramente organizados!! E, claro, seja ou não este o caso, pena máxima para fogo posto! Os meus sentimentos às vítimas e às famílias desta tragédia!”
Adrien Silva (futebolista): “Manifesto aqui a minha solidariedade para com todas as vítimas afectadas por este incêndio de grande dimensões em Pedrogão Grande. Hoje Portugal está de luto. Um bem haja a todos os bombeiros que lutam para fazer a diferença.”
Isaac Alfaiate (ator): “LUTO NACIONAL. Os meus sentimentos a todas as famílias e um bem haja aos nossos heróis nacionais.”
Pepe (futebolista): “Os meus pensamentos e orações estão com vocês!”

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras