Nas Bancas

Cristiano Ronaldo

Cristiano Ronaldo

Getty Images

Cristiano Ronaldo pode pagar multa e cumprir pena de prisão efetiva por alegados crimes fiscais

Craque português é acusado de prejudicar o fisco espanhol em 14,7 milhões de euros.

Lusa / CARAS
14 de junho de 2017, 09:16

O futebolista português Cristiano Ronaldo pode incorrer numa multa superior a 28 milhões de euros e em prisão efetiva de um mínimo de sete anos por presumíveis delitos contra o fisco espanhol ocorridos entre 2011 e 2014.
Segundo a agência noticiosa EFE, os técnicos do ministério das finanças (Gestha) advertiram em comunicado que o internacional português "poderia ser preso devido a quatro delitos ficais" e realçaram que "as finanças apresentaram a denúncia antes de 30 de junho" para evitar que prescreva o delito fiscal quanto ao imposto fiscal sobre não residentes (IRNR) de 2011.
O Ministério Público de Madrid acusa Cristiano Ronaldo de ter, de forma "consciente", criado uma sociedade para defraudar o fisco espanhol em 14,7 milhões de euros.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras