Nas Bancas

João Paulo Rodrigues depois da separação: “O meu estado de espírito não é o melhor, mas hei de lá chegar”

Este foi o primeiro ano que o apresentador, separado desde abril, percorreu a passadeira vermelha dos Globos de Ouro sozinho. Para a ocasião, escolheu um fato assinado por Paulo Battista.

CARAS
28 de maio de 2017, 16:00

Este ano, João Paulo Rodrigues apresentava um semblante substancialmente diferente daquele com que surgiu nas anteriores edições dos Globos de Ouro. Menos sorridente e nitidamente mais triste, o apresentador das manhãs da SIC está a viver uma fase difícil e não esconde como tem sido duro lidar com tudo o que está a acontecer.
Depois de 12 anos de relação, João Paulo Rodrigues e a mulher, Juliana Marto Rodrigues, decidiram colocar um ponto final no casamento, mas a decisão, embora pensada e tomada a dois, não deixa de ser dolorosa. “Não me sinto muito bem, mas o que tem que ser, tem que ser. Não me vou acoitar em casa e esperar que isto passe. Isto faz parte da minha vida, foi uma fase que terminou e agora é seguir para a frente. As coisas não estão como eu queria, o meu estado de espírito não é o melhor nem aquele que quero para mim, mas hei de lá chegar, se Deus quiser”, confidenciou o apresentador à chegada à gala dos Globos de Ouro. E foi com a sinceridade de sempre que acrescentou: “Não posso dizer que haja um equilíbrio ainda. Não consigo encontrar esse equilíbrio. Preciso de algum tempo, mas vou conseguir. É um processo pelo qual tenho de passar”.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras