Nas Bancas

0.jpg

Getty Images

Jimmy Kimmel responde às críticas após discurso emocionante sobre a doença do filho

O apresentador esteve envolvido em polémica depois de tornar público o problema cardíaco do filho recém-nascido.

CARAS
9 de maio de 2017, 18:33

O apresentador de televisão norte-americano Jimmy Kimmel respondeu esta terça-feira, dia 9, aos que criticaram o seu discurso emotivo sobre o estado de saúde do filho, a quem foi detetado um problema cardíaco poucos dias depois do nascimento. Na altura, Kimmel sublinhou a necessidade de se melhorarem as condições de saúde para as crianças nos Estados Unidos e criticou a administração Trump pelos cortes nesta área, nomeadamente com o fim do sistema público de planos de saúde criado por Barack Obama.
O apresentador de televisão não perdeu tempo e respondeu, de forma sarcástica, aos que o acusaram de ser “elitista” e de “manipular a verdade” no que toca à saúde nos Estados Unidos. “Gostava de pedir desculpa por afirmar que as crianças americanas deviam ter seguro de saúde. Foi insensível, foi ofensivo, e espero que me perdoem”, disse.
O filho do apresentador, Billy Kimmel, nasceu a 21 de abril, em Los Angeles, com um problema cardíaco que exigiu uma operação de urgência. Ao relatar os acontecimentos no seu programa, Jimmy Kimmel afirmou que os lucros dos seguros de saúde não deveriam importar quando está em causa a vida de uma criança.
Billy foi operado três dias depois de nascer e encontra-se bem, segundo o pai. “Está a comer, a ficar maior e a dormir bem. Até já consegue ler, o que eles dizem que é invulgar”, gracejou o famoso apresentador.
A crítica surge no centro de um dos temas mais polémicos da política norte-americana: a revogação do programa conhecido como Obamacare, que permitiu, durante a presidência de Barack Obama, que um maior número de cidadãos tivesse acesso a seguros de saúde (ao contrário de Portugal, onde existe o Sistema Nacional de Saúde, os utentes dos EUA dependem de seguros de saúde privados). O Partido Republicano, liderado pelo atual presidente Donald Trump, tem há anos como bandeira política a revogação do Obamacare, tendo atingido essa meta esta semana. A Câmara dos Representantes já aprovou o diploma que elimina o programa.
Na sua resposta às acusações, Jimmy Kimmel não perdeu o sentido de humor e afirmou: “Como resultado das minhas poderosas palavras naquela noite, os Republicanos pensaram duas vezes sobre a revogação [do Obamacare] e eu salvei os seguros de saúde dos Estados Unidos. Oh, não salvei? Eles votaram na mesma? Tenho mesmo de prestar mais atenção às notícias”.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras