Nas Bancas

Giovanna Antonelli vem passar quatro meses de férias a Portugal em família

A atriz brasileira esteve em Lisboa com o marido, Leonardo Nogueira, para apresentar os seus perfumes, e contou que aproveitaram para organizar a sua vinda para Lisboa, que deve acontecer já em agosto.

Vanessa Bento
25 de abril de 2017, 12:00

Há quatro anos que Giovanna Antonelli trabalha arduamente para conseguir concretizar um sonho antigo. Esse sonho viu agora a luz do dia e a atriz brasileira fez questão de o trazer a Portugal, devido ao carinho que tem pelo nosso país. “Além de ser atriz, trabalho muito com a emoção na minha vida e o cheiro leva-me a emoções várias. E sempre idealizei ter um perfume único”, explica, adiantando: “Da mesma forma que tenho uma personalidade forte, agora tenho três perfumes também com muita personalidade. Mas o meu preferido é o 811, porque tem notas de cardamomo e, para mim, cardamomo tem cheiro de felicidade e amor.”
E é precisamente de amor que se tecem as linhas que sustentam a vida da atriz. Casada há oito anos com o realizador Leonardo Nogueira, nesta passagem por Portugal Giovanna não escondeu a cumplicidade que os une. Uma semana de trabalho e de lazer em que o casal aproveitou para planear a sua vinda para Lisboa, que deve acontecer já em agosto. “Temos passeado e namorado muito pouco, porque como vamos viver aqui no último trimestre do ano, de agosto a dezembro, estamos a ver apartamentos e escolas, então, estamos numa corrida contra o tempo”, revela.
Após cinco anos consecutivos a fazer telenovelas no Brasil, a atriz decidiu passar esta temporada entre nós pois sente a necessidade de parar e ter tempo para si e para a família. Sobretudo para os filhos, Pietro, de 11 anos, nascido do seu relacionamento com Murilo Benício, e as gémeas Sofia e Antônia, de seis, deste casamento.
“O motivo número um da nossa vinda é mesmo estarmos em família. Partilhar todos os momentos em conjunto. Sou muito mãe-galinha. Ontem fui visitar uma escola e voltei para o hotel a chorar, porque vi um monte de miúdos e fiquei cheia de saudades dos meus filhos. Queria que estivessem todos aqui, a correr, ao pé de nós. Somos muito companheiros”, admitiu a atriz, que olha para o seu caminho, enquanto mãe como um trabalho de amadurecimento e auto-confiança. “Ser mãe é a multiplicação do amor. Porque antes de ser mãe, você se acha capaz de amar, mas não sabe como é capaz de amar tanto e sem limite. E depois, com o tempo, vamos amadurecendo e aprendendo a posicionarmo-nos em relação à vida. Vivo de coração aberto, mas sou muito determinada e batalhadora. Fui à luta cedo e tudo isso vai trazendo confiança e amadurecimento vai consolidando isso mesmo”, remata Giovanna, com o sorriso doce que bem conhecemos das novelas.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras