Nas Bancas

Céline Dion faz confidência um ano após a morte do marido

René Angélil morreu em janeiro de 2016, vítima de cancro.

CARAS
24 de abril de 2017, 12:35

Há um ano, Céline Dion sofreu um duro golpe com a morte do marido, o produtor René Angélil, vítima de um cancro da garganta. Aos poucos, a cantora canadiana, de 49 anos, recupera o sorriso que lhe era característico e sente-se “muito mais forte” que há uns meses e segura de si mesma como “líder da família”. “O meu trabalho é apoiar os meus filhos”, confessou.
No entanto, a intérprete de My Heart Will Go On admite que se sente sozinha a dormir e não dispensa a companhia dos filhos mais novos, os gémeos Eddy e Nelson, de seis anos. “Organizo-me para não me sentir sozinha. Tenho uma cama enorme e durmo com os meus gémeos. Eles confortam-me. Preciso deles perto. E quando eles quiserem o seu espaço, estará pronto”, explicou ao jornal britânico The Sun.
Já em relação ao filho mais velho René-Charles, a artista disse. “O meu filho mais velho só tem 16 anos e não é o homem da casa porque, nessa idade, precisa de ser idealista e acreditar nos seus sonhos. Além disso, sabe que o pai continua connosco de outra maneira”, afirmou no programa Entertainment Tonight.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras