Nas Bancas

2015-10-07-0.jpg

Getty Images

Ben Affleck e Jennifer Garner avançam com processo de divórcio

Notícia é avançada pela imprensa norte-americana.

CARAS
14 de abril de 2017, 12:21

Cerca de dois anos depois de anunciarem que o seu casamento tinha chegado ao fim, Ben Affleck e Jennifer Garner decidiram oficializar o divórcio. De acordo com o site TMZ, foi uma decisão conjunta e ambos pretendem um divórcio por mútuo acordo e a custódia partilhada dos três filhos que têm em comum, Violet, de 11 anos, Seraphina, de oito, e Samuel, de cinco. A publicação não refere, no entanto, como será feita a divisão dos bens e os pormenores da pensão de alimentos.
Embora não existam certezas, acredita-se que os dois atores não fizeram um acordo pré-nupcial, pelo que a fortuna amealhada durante o casamento deverá ser dividida em partes iguais.
Recorde-se que Jennifer Garner e Ben Affleck surpreenderam ao anunciar, em junho de 2015, que iam separar-se após dez anos de união. Na altura emitiram um comunicado comum e mostraram que ambos concordavam com a decisão e pretendiam, acima de tudo, que a privacidade e felicidade dos filhos fossem preservadas.
Desde então, têm-se mostrado próximos e no início do passado mês de março até houve vários meios de comunicação que adiantaram que o divórcio já não era uma opção, pois ambos estariam empenhados em salvar a relação. “A Jen decidiu não avançar com o processo de divórcio. Ela quer dar uma oportunidade ao Ben. Ambos estão decididos a tentar novamente e fazer tudo para que o casamento funcione. Na realidade, a reconciliação nunca foi completamente descartada. Eles amam-se. Isso não mudou”, contava uma fonte citada pela revista People.

Palavras-chave

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras