Nas Bancas

Carla Ascenção: “A relação de um pivô com o público passa pela aparência”

Carla, que aos 36 anos diz estar mais serena e autoconfiante, diz também que se sente “cada vez mais feliz”. E para isso muito contribuem o amor do marido, Pedro Ribeiro, e os desafios profissionais.

Joana Brandão
9 de abril de 2017, 14:00

Aos 36 anos, e com dez de televisão, Carla Ascenção já aprendeu a defender-se das agressões diárias das luzes e da maquilhagem de estúdio, recorrendo a “bons cremes de dia e noite, mas também a limpezas de pele e tratamentos com máscaras ultra-hidratantes”, como nos explicou na apresentação de um novo creme La Prairie, o Line Interception Power Duo, no El Corte Inglés Gaia-Porto.
Jornalista, pivô e coordenadora de Informação do Porto Canal, Carla reconhece que “a proximidade que um pivô estabelece com o público passa muito pela aparência”. Por isso mesmo, apesar de dizer que não é escrava da imagem, preocupa-se em estar saudável e em forma. “E não o faço por obrigação, sempre gostei de cuidar de mim”, confessou, sorridente.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras