Nas Bancas

Marta Cruz irreconhecível

Ex-manequim recordou a sua última gravidez, durante a qual chegou a pesar 104kg.

CARAS
4 de abril de 2017, 16:56

Marta Cruz já foi mãe duas vezes e nas duas gravidezes enfrentou o mesmo problema: o excesso de peso. No seu blogue, 30 e Duas, a filha de Carlos Cruz partilhou uma fotografia da sua última gravidez e contou que chegou aos 104kg. "Exactamente, e quando chegas aos 104 kgs? Eu, confesso, cheguei na última gravidez. Pasmem, abram a boca, assustem-se, mas é a mais pura das verdades. E ambas as gravidezes aumentei (em cada uma) 32 kgs… Foi surreal!!!”, começou por escrever a antiga manequim, esclarecendo que o texto pretende ser um alerta para outras grávidas.
"Quem engravida ou engravidou, sabe bem que o máximo de peso permitido (no normal, claro) são de 12 a 15 kgs e eu dupliquei esses valores. Tenho as minhas razões para isso ter acontecido, mas que de forma alguma servem como desculpa: calor de Fortaleza (Brasil, onde passei as gravidezes), falta de actividade física (e qualquer outro tipo de actividade) e pensar que ‘ah, depois eu emagreço’. Mas não devia ter pensado assim, não se pode pensar assim! A história de que estamos a alimentar um outro ser é verdade, mas ele precisa de nutrientes que nós, com uma alimentação normal e as vitaminas que tomamos, servem tranquilamente para o propósito. Mas eu exagerei bastante nas doses e no que comia", continuou.
A verdade é que este aumento de peso levou a que a saúde das filhas, Yasmin e Kyara, estivesse em risco: “Fiz drenagens, massagens, pré-natal, tudo como manda ‘o figurino’, mas a partir do 5.º ou 6.º mês, tudo desequilibrava e eu entrava em máxima velocidade no descontrolo alimentar. E chegou a ser perigoso, porque sofri de pré-eclâmpsia (aumento da pressão arterial e que pode causar problemas no feto). Ao sofrer deste diagnóstico, ambas as minhas filhas foram obrigadas a nascer ao fim das 37 semanas (pois era a única solução) e a Kyara teve mesmo que passar 8 horas na urgência neonatal a receber oxigénio”.
Para terminar, Marta Cruz deixou um conselho a todas as futuras mães. “Quando engravidarem, sejam também acompanhadas por um nutricionista e quem sabe, um psicólogo, porque existem muitas mulheres que têm a comida como uma satisfação emocional (eeeeuuuuzinha), e temos todas que aprender a lidar com isso, já que sem comida ninguém vive”, escreveu.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras