Nas Bancas

0.jpg

DR

Após troca de galhardetes com Quaresma, António Raminhos esclarece: “O humor nunca é uma guerra pessoal”

Comediante escreveu uma “carta aberta a todos os que gostam de humor”.

CARAS
31 de março de 2017, 13:53

“Sabem que não gosto muito de falar a sério, mas nos tempos que correm às vezes também preciso. Ainda ontem falei com o amigo de profissão que me contou que tem sido atacado de forma grosseira. No Brasil outro amigo meu tem um novo processo, o Ricky Gervais viu um par de pessoas saírem de um espectáculo por causa de uma piada e a fazerem queixa. O Rui Sinel de Cordes leva sempre por tabela. Vivemos uma época de caça às bruxas, mas às erradas. Acho que falo por 95% de quem vive da comédia quando digo: ‘meus, são só piadas!’.
Uso muito uma frase de um filósofo que diz que o ‘humor depende mais de quem o recebe do que de quem o faz’. E isto diz tudo. É óbvio que as pessoas vão rir-se do que lhes é alheio e sentir o que lhes é próximo agora isso não quer dizer que não tenha piada! Há gajos de humor que adoro e amigos meus não acham nada de especial e há o contrário. Há piadas que rio outras nem por isso, mas não vou achar que aquele comediante é uma besta por ter dito isto ou aquilo. SÃO SÓ IDEIAS, SÃO SÓ PIADAS.
Não somos políticos, jornalistas,
opinion makers, críticos sérios ou figura de Estado. Preocupa-me muito mais esses gajos que são sérios e íntegros e politicamente correctos e depois batem nas mulheres, roubam, drogam-se, ofendem a família. Quem faz humor limita-se a ver as coisas de modo diferente e criar impacto com aquilo que diz: pode ser riso, pode ser gargalhada, pode ser desconforto com riso... pode ser muita coisa. AGORA NUNCA É REAL. SÃO SÓ PIADAS.
Quando um comediante diz uma parvoíce... É só isso! Um modo parvo e diferente de ver as coisas. O meu tio foi comandante dos bombeiros, outro GNR, o meu padrinho padre, tive um irmão deficiente, faço voluntariado, sou dador de medula, já passei noites bem divertidas em bares gay e não é isso que me impede de brincar com qualquer um destes temas. Sou quase vegetariano e gozo com vegetarianos. Brinco com os pais alternativos e defendo essas escolas. Se não me engano, o Rui Sinel de Cordes teve pessoas muito próximas que morreram com cancro e não é isso que o impede. Se eu gosto ou não? Não interessa, há quem goste! E não é por mal, são só piadas!
Em bom português, quem faz comédia está a cagar-se para quem é preto, branco, amarelo, hétero, gay, gordo, magro, rico, pobre. Sou benfiquista e gozo com o Benfica, mas como é óbvio gozo mais com os outros, mas estou-me a borrifar para o clube que sejam. Não é uma guerra! O humor nunca é uma guerra pessoal! Isso não quer dizer que sejamos contra qualquer uma dessas ideias ou modos de vida. SÃO SÓ PIADAS!
‘Ah então quer dizer que não gosto de uma coisa e não posso mostrar a minha indignação?’. Claro que pode! E claro que pode protestar. Mas um protestar é dizer ‘piada de merda, não gostei nada, até porque me diz respeito’ ou ‘simplesmente não gostei’. Qualquer um de nós que faz comédia tem de aceitar isso. ‘Ai o Raminhos está uma virgem ofendida, e os gajos que fazem comédia’. Não é nada disso! É só o modo como se encara a coisa. Agora por uma ou duas piadas ou até mesmo 50 receber mensagens ‘este gajo é um urso, camelo, filho da puta, imbecil, morre. És mesmo lampião da merda! Lagarto paneleiro! Tripeiro Filho da puta!’. Não é isso que define a pessoa! É o que define, quanto muito, o tipo de humor e aí meus... É SÓ UMA PIADA! Ou como já aconteceu, desenterrarem vídeos com 4 ou 5 anos e serem partilhados com ‘olhem só esta piada nojenta que este gajo fez a atacar a nossa comunidade!’. Vejo muito mais maldade nisso. Os tempos mudam e o humor também. E quando lerem alguma piadola que não gostem, antes de espumarem, lembrem-se ‘é só uma piada... uma piada de merda, mas é só uma piada’”
, escreveu António Raminhos no Facebook.
Recorde-se que esta semana o humorista protagonizou uma situação caricata que envolve também o futebolista Ricardo Quaresma. Quer saber mais pormenores? Clique aqui.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras