Nas Bancas

Ivanka Trump ganha poder na Casa Branca e a polémica instala-se

Filha de Donald Trump vai ter um gabinete na Ala Oeste, tal como o marido, Jared Kushner, nomeado assessor do presidente norte-americano.

CARAS
22 de março de 2017, 09:53

Desde que Donald Trump foi eleito presidente dos Estados Unidos se percebeu que a sua filha Ivanka teria um lugar de destaque. A ‘primeira filha’, como já é apelidada, tem tido um papel atípico na Casa Branca desde janeiro último e, ao que parece, a sua presença será cada vez mais uma certeza. Esta segunda-feira, 20 de março, o seu advogado, Jamie Gorelick, informou que, à semelhança do marido, Jared Kushner, que trabalha como assessor de Trump, também a empresária terá o seu próprio gabinete no segundo andar da Ala Oeste da residência oficial da presidência, em Washington, mesmo ao lado do gabinete de Dina Powell, atual conselheira para a Segurança Nacional. Além disso, a empresária aguarda também uma autorização formal de segurança e de dispositivos de comunicação do governo, o que indica que começa a ganhar terreno na qualidade de funcionária permanente da administração norte-americana.
Uma decisão que, embora não surpreenda, porque nas últimas semanas Ivanka já se tornou presença habitual em atos oficiais e reuniões com líderes internacionais, está a gerar alguma polémica. O que está a deixar os especialistas alarmados é sobretudo o facto de haver uma certa indefinição quanto à posição que a filha de Trump ocupa, considerando que se está próximo de um limite da ética. Jamie Gorelick esclareceu, no entanto, que a empresária não terá “um salário associado, funções formais atribuídas e [não fez] um juramento formal”, como é requerido sempre que se trata de um cargo oficial.
Recorde-se que Ivanka, de 35 anos, foi a única filha de Donald Trump – que também é pai de Donald Trump Jr, de 38, Eric, de 32, Tiffany, de 23, e Barron, de 11 – a trocar Nova Iorque por Washington quando o pai tomou posse como 45.º presidente dos Estados Unidos. Esta tem, aliás, desempenhado praticamente o papel de primeira-dama, uma vez que Melania Trump optou por permanecer em Nova Iorque pelo menos até ao final do ano escolar, para não prejudicar os estudos do filho, Barron.
A empresária é casada com Jared Kushner desde 2009 e tem três filhos: Arabella Rose, de cinco anos, Joseph, de três, e Theodore, que completa um ano no próximo dia 27 de março.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras