Nas Bancas

Os segredos da transformação física de Diogo Amaral

Ator está visivelmente mais magro e com o corpo mais definido.

CARAS
19 de março de 2017, 13:01

“Esforço e dedicação” são essenciais para a conquista do novo corpo, garante Diogo Amaral no seu blogue, Breaking Dad. O ator, de 35 anos, tem vindo a transformar a sua vida ao longo dos últimos meses e o resultado está à vista: está visivelmente mais magro e com o corpo mais definido. Para isso, foi preciso deixar de comer carne, abandonar “o estilo de vida boémio”, adotar uma alimentação saudável e fazer exercício físico.
“Depois de falares com vários nutricionistas, de leres 137 livros e 764 artigos na net sobre alimentação saudável, chegas a um plano. Por dia, tens de ingerir X calorias disto, X calorias daquilo… tens de comer de X em X horas, beber determinado nº de litros de água. Um sem número de regras que tens de cumprir à risca e tu pensas… MAS COMO É QUE EU ME VOU RESOLVER ESTE PESADELO LOGÍSTICO? A resposta, descobri eu, é com esforço e dedicação. MUITA dedicação”, explica Diogo Amaral, acrescentando: "Passas a ser o gajo que, na noite anterior, prepara todo um jogo de tupperwares com tudo aquilo que vai comer durante o dia [seguinte]. Não vá o diabo tecê-las e te atrasares em determinado compromisso, tens contigo tudo o que precisas para não te desviares daquilo que o teu nutricionista te disse (…) Para mim isto não foi fácil. Mas com o tempo, tornei-me pro".
O ator conta ainda que a mudança de estilo de vida afeta as relações sociais porque há “uma lista infindável de coisas que não podes comer, e uma lista bastante restrita daquilo que podes ingerir”, o que dificulta, por exemplo, o simples facto de ir “jantar fora com amigos”. “Mesmo só ir aquele encontro de amigos mais casual, ao final do dia, pode ser difícil... Invariavelmente, eles vão beber a sua cervejinha, o seu copo de vinho, o seu gin... e tu não podes. Tens de ficar ali, a rir-te e a conviver, e dás por ti a passar metade do tempo a explicar porque é que não bebes um copo também", conclui.

Palavras-chave

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras